Weidman diz que derrotas são necessárias: "Tudo faz parte de um grande plano de Deus"

Chris Weidman afirmou que perder o cinturão do peso médio da competição para Luke Rockhold o transformará em um atleta melhor.

fonte: Guiame, com informações de UOL

Atualizado: Terça-feira, 15 Dezembro de 2015 as 4:47

O atleta cristão afirmou que o resultado era necessário. (Foto: John Locher/AP)
O atleta cristão afirmou que o resultado era necessário. (Foto: John Locher/AP)

Após derrota no UFC 194, neste sábado (12), o lutador norte-americano Chris Weidman afirmou que perder o cinturão do peso médio da competição para Luke Rockhold o transformará em um atleta melhor. 

O atleta cristão, que tem enfrentado grandes lutadores como Anderson Silva, Lyoto Machida e Vitor Belfort no UFC, evitou justificativas para a derrota para Rockhold nas redes sociais, e ainda afirmou que o resultado era necessário.

"Vou me lembrar deste momento para sempre. Ele já me mudou para melhor. A motivação que tenho dentro de mim nunca foi mais forte", disse Weidman. "Era uma derrota que eu precisava e merecia".

Em seu texto, o lutador reconhece que não reagiu como deveria quando se lembra dos vários momentos diferentes da luta. "Mas tudo isso faz parte de um grande plano que Deus tem guardado para mim", afirmou.

"Eu voltarei e serei campeão novamente. Quero apenas que saibam que estou bem. Sou abençoado com uma família incrível, com amigos, equipe e fãs. Obrigado a todos pelo apoio — isso significa mais agora do que nunca", disse ele.

veja também