Homem salva mulher de carro em chamas, após clamar pelo nome de Jesus

Após ouvir o barulho do acidente, Scot Love correu para socorrer a condutora de um carro em chamas e clamou pelo nome de Jesus durante o resgate.

fonte: Guiame, com informações da CBN News

Atualizado: Quarta-feira, 4 Janeiro de 2017 as 8:58

O carro de Mishelle ficou irreconhecível após o acidente e a explosão, mas ela foi resgatada com vida. (Imagem: ABC News)
O carro de Mishelle ficou irreconhecível após o acidente e a explosão, mas ela foi resgatada com vida. (Imagem: ABC News)

Esta história está sendo chamada de milagre por muitos que a noticiam. Uma mulher de San Antonio, no Texas (EUA) foi arrancada de um carro em chamas na última sexta-feira (30).

Scot Love foi quem correu para resgatar a moça de 22 anos, chamada Mishelle, depois de ouvir o barulho do acidente de carro nas proximidades. Ele alega que na verdade, poucas palavras salvaram aquela jovem: "Em Nome de Jesus".

Love mora na Carolina do Norte, mas visita a cidade de San Antonio duas vezes por ano para gerenciar um stand de fogos de artifício. Ele tinha acabado de desmontar o seu veículo recreativo depois de 1h da manhã na sexta-feira quando ouviu barulhos vindo de fora, que chamaram sua atenção.

"Eu ouvi um barulho muito familiar, soando como um estouro, uma batida e um veículo colidindo", Love disse.

Quando ele viu o carro em chamas na Rodovia 281, ele imediatamente correu para ajudar uma outra mulher que já estava tentando puxar a condutora do veículo para fora.

"A frente do veículo estava completamente envolta em chamas e o combustível tinha pulverizado o carro todo. Por isso não dava para abrir a porta do motorista", disse Love. "Toda vez que que abríamos a outra porta, era possível ouvir a garota gritando lá de dentro".

Em meio a todas as chamas, levou um tempo para Scot encontrar a motorista, mas assim que ele a encontrou.

"Ela estava gritando: 'Você não pode me deixar'. Naquele momento as minhas palavras exatas - e isso simplesmente saiu da minha boca, eu não pensei nisso - foram: 'Em nome de Jesus'. Eu disse uma segunda vez: 'Em nome de Jesus'. No momento em que eu disse isso pela segunda vez ela gritou: 'Minhas pernas estão livres'. Então eu a alcancei, agarrei seus braços e ela saiu escorregando do carro, como manteiga", disse ele.

Scot disse que já falou com o pai da menina e espera que ela se recupere do acidente.

O 'herói' da semana passada está voltando agora ao trabalho, em sua organização sem fins lucrativos, 'Glasses for Missions', na Carolina do Norte e planeja conhecer a família da menina na próxima vez que ele estiver em San Antonio para vender fogos de artifício no feriado de 4 de Julho.

veja também