Membros de gangue contam como Deus os tirou do crime: "Só Jesus é o caminho"

Toda a família de Robert e Gilbert Gonzales estava envolvida em uma cultura de gangues. Porém eles viram suas vidas sendo transformadas após se entregarem a Jesus.

fonte: Guiame, com informações do Christian Today

Atualizado: Sexta-feira, 28 Abril de 2017 as 10:16

Robert (esquerda) e Gilbert (direita) eram membros de uma gangue chamada 'King Cobras'. (Imagem: KFSM)
Robert (esquerda) e Gilbert (direita) eram membros de uma gangue chamada 'King Cobras'. (Imagem: KFSM)

Ex-membros de gangues que costumavam levar uma vida guiada pelas drogas e pela criminalidade compartilharam como Cristo os tirou deste caminho, dizendo "somente Jesus pode salvar".

Gilbert Gonzalez, do Arkansas (EUA), tinha apenas 16 anos quando se juntou a uma gangue, segundo ele contou ao à emissora KFSM. Sua família estava tão enraizada na cultura de gangues que ele disse que sua mãe estava até orgulhosa em saber que ele tinha entrado para um grupo criminoso.

"Minha mãe ficou orgulhosa em saber que nós éramos a próxima geração de membros da gangue e estaríamos junto dos meus tios que fariam a droga, além de sair às ruas apenas para bater nas pessoas", contou ele.

A família de Gilbert veio da Califórnia, a maioria deles pertencentes a uma gangue chamada 'King Cobra', segundo relatou a agência de notícias 'Baptist Press'. Quando se mudaram para o Arkansas, seus tios levaram com eles o mesmo estilo de vida de gangue que tinham na região de onde vieram e, Gilbert e seus irmãos se tornaram parte da grupo, em Springdale.

Seu irmão mais velho, Robert, disse à imprensa que ele não estava tão envolvido quanto Gilbert, mas também não o desencorajou de se imergir totalmente na vida de gângster. Em vez disso, houve ocasiões em que ele chegou até a enconrajar seus irmãos a continuarem bebendo, usando drogas e se metendo em problemas.

No entanto, Gilbert começou a ver que os problemas estavam se acumulando em seu vida, de forma que ele não conseguia mais sustentar aquela situação.

De acordo com a Baptist Press, entre seus 16 e 21 anos, Gilbert viveu uma sob dependência de drogas e álcool, além de estar constantemente envolvido em casos de violência e fugindo da polícia. Depois de se esfaqueado pela segunda vez, ver um parente quase morrer de overdose e se sentir exausto de brigar em qualquer lugar aonde fosse, o jovem decidiu sair da gangue.

Gilbert estava buscando mudar de vida e isso aconteceu em 2013, quando ele foi à igreja com sua namorada Karen - que agora é sua esposa. Ele se entregou a Cristo, foi posteriormente batizado e acabou evangelizando seus parentes.

Robert disse que seu irmão Gilbert - o qual ele considerava o "pior" em sua família - realmente foi transformado e passou a falar sobre Jesus para todos. A princípio, ele não quis ouvir que o seu irmão mais novo tinha para falar e decidiu se afastar do rapaz. Mas depois não resistiu à mensagem do Evangelho e acabou também se entregando a Jesus.

"Ouvi o Evangelho pela primeira vez. Ouvi que somente Jesus é o caminho e não há nada mais que possamos fazer", disse Robert. "Não há Virgem Maria, não há santos, não há nada como isso, só Jesus pode salvar".

"Foi aí que meu coração se quebrantou e eu sabia que era exatamente aquilo que eu queria para a minha vida", acrescentou.

Hoje, a família Gonzalez dedica tempo ao estudo da Bíblia e aos trabalhos na igreja. Eles também compartilham a história de como Deus cuidou de sua vida em evento, no qual evangelizaram outros membros de gangues.

veja também