Pastor conta que sua esposa não acreditava em milagres até Deus falar com ela; assista

Todd White conta que nem sempre o seu ministério de cura foi bem aceito por sua própria esposa, porém um dia Deus falou de uma forma clara com ela. Clique abaixo para assistir ao vídeo.

fonte: Guiame

Atualizado: Sábado, 15 Abril de 2017 as 11:01

Todd White se tornou bastante conhecido por seu ministério de cura - o qual busca exercer em qualquer lugar para onde vá, orando por pessoas enfermas, afirmando que Jesus tem poder para curá-las. Porém estes milagres nem sempre tiveram grande aceitação, sobretudo na própria casa do evangelista.

Em uma entrevista, o líder do ministério 'LifeStyle Christianity' contou que sua esposa, Sarah White nem mesmo gostava de sair em público com ele, porque sempre que ele via alguém doente em qualquer lugar, se prontificava a orar pela cura daquela pessoa e milages aconteciam. Ela não acreditava que aqueles momentos tinham o agir de Deus.

Porém, um dia ela precisou acompanhar o marido e a filha em umas compras no supermercado e foi então que tudo começou a mudar.

"Ela me disse: 'Eu estou indo ao mercado com vocês, mas não vou ficar com você lá. Você vai para um lado e eu vou para o outro. Você vai pegar suas coisas e eu vou pegar as minhas. Você tem um cartão de crédito, eu tenho um cartão de débito. Nós vamos nos encontrar no carro. Não demore muito", lembrou Todd.

O evangelista contou que chegando ao mercado, ele e a esposa fizeram como foi combinado: cada um foi para um lado diferente da loja. Todd estava com sua filha, quando avistou uma senhora usando um carrinho motorizado para deficientes e decidiu se aproximar para orar por ela.

"[Aquela senhora] precisava de oração e a minha esposa estava no mercado. Então eu esqueci que minha esposa estava lá, porque nós estávamos em lados opostos. Então nós fomos até aquela senhora e perguntamos se nós podíamos orar por ela", contou. "Ela me respondeu: 'Eu já oro e vejo um evangelista pela televisão. Eu oro toda noite'. Mas ela ainda continuava sentindo dores".

Então Todd decidiu entender qual era exatamente o problema físico que aquela mulher enfrentava.

"Eu perguntei: 'O que houve com você? São seus joelhos?'. Ela disse: 'Há 27 anos eu fiz quatro cirurgias nas costas e eu fiquei aleijada, desde então'. Ela não podia ficar ereta, suas costas estavam fundidas", contou Todd.

O evangelista insistiu em orar por aquela senhora, até que ela permitiu. Quando Todd terminou de orar por ela,
pediu que ela se levantasse do carrinho para ver como ela estava e a senhora confessou que ainda sentia fortes dores nas costas.

Então ele pediu que ela se levantasse para ver o que estava acontecendo e decidiu orar novamente por ela.

"Ela se levantou, estava curvada e tremendo e eu falei: 'Vamos orar novamente'. De repente, eu senti algo se movendo sob minhas mãos e esta senhora que esteve com a coluna assim por 27 anos se levantou e estava se mexendo. Ela estava chorando e dizendo: 'Eu não sei o que está acontecendo", contou Todd.

O evangelista então contou que a neta daquela senhora ficou tão emocionada que a puxou para correr de uma ponta a outra do mercado. Isto o deixou emocionado.

"Eu e minha filha estávamos chorando muito, porque isso é um milagre, isso é o que Deus faz", disse Todd.


Transformação
Mas Sarah viu toda aquela agitação no corredor do supermercado e quando se aproximou entendeu que seu marido havia participado daquilo. Sua reação novamente foi de decepção.

"Minha esposa veio pelo corredor e nós estávamos bem no meio dele. Quando eu olhei para ela, ela estava apenas olhando para mim e balançando a cabeça", disse.

Quando aquela senhora que acabara de ser curada viu a reação de Sarah, compartilhou com a esposa do evangelista o que tinha acontecido ali. O depoimento daquela senhora foi impactante para Sarah e a duas se abraçaram e começaram a chorar.

"Ela [Sarah] olhou para aquela senhora, olhou para mim e ela começou a chorar muito. Ela abraçou a senhora e elas choraram", acrescentou.

Todd contou que durante todo o caminho para casa com sua filha e sua esposa, eles não disseram uma palavra um ao outro. Porém aquela experiência havia realmente marcado Sarah.

"Eu saí [do quarto] e vi minha esposa chorando. Eu perguntei: 'o que houve?' e ela disse: 'Deus falou comigo. Ele falou para mim que você crê nEle, mas não era você. Era Ele em você fazendo aquelas coisas. Quem sou eu para ficar no caminho de Deus?' Então nós nos abraçamos e perseguição acabou naquele momento", afirmou.

 

 

 

 

veja também