Pastor Everaldo ressalta iniciativa da Expoevangélica: "Relevância social e cultural"

Em entrevista exclusiva ao Portal Guiame, o ex-candidato à presidência da República falou sobre a relevância social e cultural da Expoevangélica, além de alertar sobre a importância de que o cristão esteja sempre ciente de sua missão.

fonte: Guiame

Atualizado: Segunda-feira, 11 Julho de 2016 as 12:15

Batendo recorde de visitantes nesta edição de 2016, a Expoevangélica levou mais de 20 mil pessoas durante seus quatro dias de duração ao Centro de Eventos do Ceará. Entre as personalidades ilustres que passaram pela feira de artigos evangélicos que está entre as maiores de seu segmento, esteve o presidente do Partido Social Cristão (PSC), pastor Everaldo.

O ex-candidato a presidente da República visitou o stand do Portal Guiame e falou sobre a relevância social e cultural da Expoevangélica, além de alertar sobre a importância de que o cristão esteja sempre ciente de sua missão, não só dentro, mas também fora da Igreja.

"O aspecto social é apenas uma faceta. A importância disso aqui transcende o social. Vai muito mais, porque o seguinte: hoje, se você verificar, as pessoas - e até o governo - têm, de uma maneira sorrateira, colocado na parte de cultura, coisas que não agregam valores para a sociedade e sim que desagregam valor", destacou.

"Esse exemplo de vocês aqui é de agregação de valor. Você vê a juventude entrando aqui... O que eles vão encontrar aqui? Vão ver valores. Além do valor social, há também o valor cultural, que não tem sido dimensionado nesse momento", acrescentou.


"Evangelismo ou proselitismo?"
Questionado sobre a postura do cristão dentro da política, Everaldo explicou que esta é mais uma das oportunidades de ser 'sal da Terra e luz do mundo'.

"A Palavra é clara: 'o cristão é luz do mundo e sal da terra'. Então se você é polícia, deve ser cristão lá. Se você é um enfermeiro, deve ser um enfermeiro cristão. Se você trabalha no comércio, também pode ser um cristão", disse.

Pastor Everaldo é presidente do Partido Social Cristão (PSC) e fez uma visita à Expoevangélica. (Foto: Levi Facó / Guiame)

"Você passa duas horas do domingo na igreja ou quando vai na escola dominical, passa 4, 5 horas. No restante, você está na rua. Você tem que ser mais cristão, mais testemunha de Jesus nessas horas. Se você é sal da terra e luz do mundo, onde você está, tem que brilhar. Seja na política, no judiciário, executivo, onde estivermos, temos que ser sal, dar o nosso testemunho. Não é fazer proselitismo", acrescentou.

veja também