"Deus me direciona a escrever sobre certos temas a cada 5 anos”, revela Phil Wickham

O cantor afirmou perceber que as pessoas estão buscando esperança. Estão à procura de algo maior que o Governo ou dinheiro. Ele também disse que Deus tem falado a igreja sobre Seu amor de pai.

fonte: Guiame, com informações do Christian Post

Atualizado: Terça-feira, 30 Agosto de 2016 as 2:34

Wickham, de 32 anos, é natural de San Diego e cresceu participando das cruzadas. (Foto: Harvest Cruzades).
Wickham, de 32 anos, é natural de San Diego e cresceu participando das cruzadas. (Foto: Harvest Cruzades).

O cantor evangélico Phil Wickham acredita que Deus tem falado a Igreja sobre Seu amor de pai. O compositor foi questionado pelo site de notícias The Christian Post sobre como ele vê a influência dos hinos de adoração na Igreja. "Sinto como se Deus nos direcionasse para escrever sobre determinados temas a cada cinco anos”, disse.

"Neste momento, eu realmente sinto que existem um monte de músicas que estão falando sobre Deus como Pai. Canções que estão lembrando a Igreja de que somos Seus filhos e tudo isso significa que não há razão para temer, não há razão para sermos envergonhados”, comentou.

"Eu amo ver como quase todo mundo acaba escrevendo sobre o mesmo tema de forma espontânea e todas essas canções surgem ao mesmo tempo. De repente, a Igreja é lembrada sobre algumas verdades, sobre quem são e quem é Deus", acrescentou o cantor. O último álbum de Phil Wickham se chama “Children of God” (Filhos de Deus, em tradução livre).

Cruzadas Evangelísticas

Para o cantor, as cruzadas promovidas pelo pastor Greg Laurie estão "alterando a paisagem espiritual dos Estados Unidos". "Eu acredito que as cruzadas do pastor Greg tem influenciado na formação da cultura do Sul da Califórnia", disse Wickham, no último domingo (28). O cantor se apresentou para cerca de 36 mil pessoas durante o evento.

"Sem a visão deles haveria um ambiente espiritual bem diferente. Sou tão grato por Greg e seu compromisso com o Evangelho. Seu compromisso de mantê-lo simples, pregando Jesus para o perdido me anima", ele continuou.

Wickham, de 32 anos, é natural de San Diego e cresceu participando das cruzadas. Seus pais foram líderes de louvor na primeira edição.

Quanto ao clima espiritual nos dias de hoje, ele disse: "Eu acho que todo mundo sente, que a nação está em um lugar diferente. E eu acho que as pessoas estão à procura de esperança. Você vai ver que em eventos como este, as pessoas se mostram à procura de algo que seja maior que o Governo, ou maior do que o dinheiro. Eu estou animado por ser uma pequena parte do que Deus está fazendo nesses eventos", finalizou.

 

 

 

veja também