"Tive de perder minha voz para encontrar minha verdadeira vocação", diz Natalie Grant

A cantora cristã contou que encontrou sua verdadeira vocação na época em que sua corda vocal esquerda se rompeu e os médicos disseram que ela não poderia mais cantar.

fonte: Guiame, com informações do Christian Today

Atualizado: Terça-feira, 11 Outubro de 2016 as 11:42

A cantora gospel agora dirige uma organização anti-tráfico humano. (Foto: Divulgação).
A cantora gospel agora dirige uma organização anti-tráfico humano. (Foto: Divulgação).

A premiada cantora cristã Natalie Grant lançou recentemente seu novo livro, “Finding Your Voice” (Encontrando a sua voz, em tradução livre). Ela revelou que só conseguiu achar sua “verdadeira voz” quando perdeu a capacidade de cantar. Ela viu além dos desejos rasos de sua vida e encontrou sua voz real.

De acordo com Natalie, o livro tem o objetivo de ajudar os cristãos a "encontrarem sua voz dada por Deus neste mundo cheio de ruído e compromissos”.

"Muitas pessoas se definem pelas suas atividades, outras se definem pelo sucesso. Mas muitos de nós somos definidos pelas lutas que passamos. Eu canto, isso é o que eu faço, é a minha atividade. Mas, não é o que eu sou”, disse.

“Eu estava perdendo a minha voz e isso me ajudou a encontrar minha verdadeira voz", disse Grant ao site americano The Christian Post. Muitas pessoas pensaram que o livro era sobre o canto, mas ela afirma que o conteúdo vai muito além da música.

"Todo mundo chega em um ponto da vida que passa por dificuldades e seu mundo vira de cabeça para baixo. Isso aconteceu comigo quando eu estava usando minha voz como uma plataforma para pregar o evangelho. Mas, eu acabei sendo surpreendida. Eu me perguntava: ‘O que está acontecendo com a minha carreira?’. Foi difícil admitir, mas era verdade, eu estava perdendo a minha voz", Natalie confessou.

O fato é retratado no livro, onde a cantora relata que no auge de seu sucesso ela perdeu a voz e foi forçada a encontrar sua verdadeira vocação na vida. Sua corda vocal esquerda rompeu e os médicos disseram que ela não poderia mais cantar. Foi ai que seus olhos realmente foram abertos.

"Essa é a coisa que me fez pensar: ‘Tem que haver mais’. Deus me fez perder a minha voz para que eu achasse a minha verdadeira vocação”.

A cantora gospel agora dirige uma organização anti-tráfico humano chamado “Abolition International” (Abolição Internacional, em tradução livre). Natalie começou a atentar para a causa na época em que ela perdeu a voz. Apesar da dificuldade vocal, a mãe de três meninas decidiu viajar para a Índia e aprender mais sobre a situação. Foi essa experiência que mudou sua vida e ela não só obteve a sua voz de volta, mas agora é uma defensora contra a escravidão sexual.

veja também