Cantora Stefhany lança clipe gospel sobre os dramas do casamento

O vídeo começa contextualizando um drama familiar. Uma mulher simples lê a sua bíblia e ao mesmo tempo entra em conflito ao ver um presente. Ela imagina que seja pra ela, mas na verdade seu esposo daria para uma amante.

fonte: Guiame, com informações do site Ego

Atualizado: Terça-feira, 12 Julho de 2016 as 9:29

A cantora de 24 anos que se casou em 2015 montada em um jumento, hoje se encontra grávida de cinco meses. (Foto: Reprodução/YouTube).
A cantora de 24 anos que se casou em 2015 montada em um jumento, hoje se encontra grávida de cinco meses. (Foto: Reprodução/YouTube).

Conhecida pelo refrão “No meu Crossfox eu vou sair”, um cover despretensioso da famosa “A Thousand Miles” de Vanessa Carlton, a cantora Stefhany está mesmo investindo em sua carreira gospel. Ela deixou de lado a sensualidade e em troca trouxe para seu novo clipe um assunto forte e relevante: dramas do casamento.

A cantora de 24 anos que se casou em 2015 montada em um jumento, hoje se encontra grávida de cinco meses. Stefhany lançou no último fim de semana o videoclipe da música “Vou soprar teu nome". O vídeo começa contextualizando um drama familiar. Uma mulher simples, com características de interior de algum estado lê a sua bíblia e ao mesmo tempo entra em conflito ao ver um presente. Ela imagina que seja pra ela, mas na verdade seu esposo daria para uma amante.

A cantora, por sua vez, também se mostra mais simples, no campo, pouca maquiagem para as cenas e vestes comportadas.

O contexto do clipe mostra um drama que ainda assola muitas famílias e trás relevância para o vídeo. Em cenas com muitas lágrimas, marido bêbado e brigas, a mulher busca na fé sua esperança para salvar o casamento. Apesar de não fazer parte da história, Stefhany aparece cantando em um campo florido.

Carreira Gospel

Pelo fato da cantora estar numa gravidez de risco, Stefhany está com sua carreira pausada. Anteriormente ela havia dito ao site Ego que sua médica pediu para que ela parasse os trabalhos: “Eu procurei minha médica após sentir uns incômodos. Ela disse que eu precisava ter repouso total, porque realmente minha gravidez é de risco. Tenho que ficar quietinha, repousando. Disse ainda que eu não posso andar muito. Ela não queria nem que eu saísse de casa. Mandou parar tudo”, pontuou.

Por esse motivo, a cantora gospel teve que cancelar boa parte de suas apresentações em igrejas e eventos até o nascimento do bebê. “A médica me mandou cancelar tudo. Vou só cumprir três apresentações, uma em julho e duas em setembro, porque já estavam marcadas há muito tempo. As outras datas serão canceladas”, ressalta.

Confira o videoclipe de “Vou soprar teu nome":

veja também