CanZion Brasil promove evento com a presença de CEO e diretor financeiro do grupo

Além dos representantes, o evento contou com toda equipe da gravadora e os cantores: Cleyde Jane, Coral Soul Livre, Peter Quintino (Ministério Ipiranga), Leila Francieli e Edu Pontes, vocalista do Trio Salvador.

fonte: Guiame, com informações da assessoria

Atualizado: Quarta-feira, 29 Junho de 2016 as 11:29

Hoje, a CanZion Brasil representa no Brasil sete salmistas além de distribuir a música de cantores de selos internacionais. (Foto: Divulgação).
Hoje, a CanZion Brasil representa no Brasil sete salmistas além de distribuir a música de cantores de selos internacionais. (Foto: Divulgação).

Na última quinta-feira (23), a CanZion Brasil recebeu na sede da gravadora em São Paulo o CEO do grupo, Abraham Díaz e Noé Velazquez, diretor financeiro global, para um encontro com os chamados “salmistas” brasileiros. Além dos diretores globais da CanZIon, o encontro reuniu o diretor da gravadora no Brasil, Gilsemar Silva e Ricardinho Carvalho, diretor artístico.

Além dos representantes, o evento contou com toda equipe da gravadora e os cantores: Cleyde Jane, Coral Soul Livre, Peter Quintino (Ministério Ipiranga), Leila Francieli e Edu Pontes, vocalista do Trio Salvador.

No evento, Abraham contou sobre seu testemunho de conversão, missão e visão da empresa a qual já trabalha a 16 anos ininterruptos. “Somos um ministério que funciona como empresa. Nosso desejo é que os salmistas espalhados pelo mundo levem as pessoas aos pés de Jesus Cristo. Não buscamos prêmios, mas queremos que Deus despeje uma unção nova sobre todos através do louvor”, comentou o CEO que também ouviu a cada um.

O cantor Peter Quintino, recém-chegado a CanZion compartilhou sua experiência de fazer parte da CanZion. “Durante muitos anos eu me senti um produto. Aqui, temos a certeza de que nosso ministério está sendo levado a sério e que podemos fazer a obra de Deus através das nossas canções com tranquilidade”, pontuou.

Já a salmista Cleyde Jane, que faz parte da gravadora desde 2015, comentou que através do trabalho realizado pela gravadora, consegue cumprir o chamado que recebeu do Senhor desde a infância.

Para Gilsemar Silva, o encontro foi um marco na vida de todos os presentes e ressaltou: “O sucesso é obedecer ao Senhor e a recompensa maior virá do céu. Não temos fórmula, mas Deus tem”, ressaltou e ainda salientou aos salmistas: “Nunca se deixem roubar ou negociem valores. Essa postura alegra o coração do nosso Senhor Jesus. Ele nos uniu para levarmos a mensagem do evangelho por todo esse Brasil. Trabalhamos para servir”, afirmou emocionado.

30 anos de CanZion

No Brasil atuando como Instituto há dez anos e como gravadora há oito anos, a CanZion completará 30 anos de ministério em 2017. O grupo CanZion é um projeto que Deus entregou a Marcos Witt, um dos maiores líderes cristãos da América Latina. Trabalhando em diferentes frentes com a intenção de edificar o nome de Deus e de sua igreja, CanZion é responsável por nove departamentos, sendo como gravadora a representante dos maiores nomes da música cristã na América Latina.

Hoje, a CanZion Brasil representa no Brasil sete salmistas além de distribuir a música de cantores de selos internacionais como Capitol e Hillsong.

veja também