Damares revela detalhes sobre músicas, vida espiritual e planos para ter filhos; assista

“É Deus que está fazendo isso”, diz a cantora. “O povo tem visto essa verdade na minha história, nas músicas que eu canto, nas palavras que eu digo, nas ministrações que a gente faz por onde a gente passa.”

fonte: Guiame, por Luana Novaes

Atualizado: Quinta-feira, 16 Abril de 2015 as 9

Damares com a carteirinha de registro no prédio da Ordem dos Músicos do Brasil. (Guiame/ Marcos Paulo Corrêa)
Damares com a carteirinha de registro no prédio da Ordem dos Músicos do Brasil. (Guiame/ Marcos Paulo Corrêa)

 

Completando quase 20 anos de trajetória, Damares se tornou um dos nomes mais conhecidos na música gospel. Em entrevista exclusiva ao Guiame na última terça-feira (14), no prédio da Ordem dos Músicos do Brasil (OMB), a cantora falou sobre o lançamento do novo DVD, a maneira como sua vida espiritual está entrelaçada com a profissional, o envolvimento dos pais no processo de escolha do repertório e planos para ter filhos.

Damares conta que depois de dois anos do lançamento do CD “O Maior Troféu”, é que surgiu a ideia de gravar o DVD. “Pelo resultado de vendas, repercussão e aceitação do público, a gente conversou com a gravadora em reuniões e eles focaram na ideia da gravação do clipe. A gente não tinha ideia do que ia acontecer”, revela.

“Diante desse sucesso todo que foi o CD ‘O Maior Troféu’, surgiu essa ideia de gravar o DVD, que até então estava fora de cogitação. Foram reuniões, reuniões e reuniões até a marcação da data”, explica Damares. O DVd foi gravado em 6 de dezembro do ano passado, na Igreja Bíblica da Paz, em São Paulo.

Lançado no início do mês com a tiragem de 40 mil cópias, a grande expectativa do público resultou em mais uma premiação. “Até me surpreendi, porque quando o DVD tinha dois dias que tinha saído, a Sony divulgou que já era disco de ouro com 25 mil cópias vendidas. Chorei quando eu soube”, conta.

“É Deus que está fazendo isso”, diz a cantora. “O povo tem visto essa verdade na minha história, nas músicas que eu canto, nas palavras que eu digo, nas ministrações que a gente faz por onde a gente passa.”

Música para Deus

Para Damares, a diferença entre um cantor secular e evangélico está no foco de agradar a Deus. “Eu me preocupo muito com essa parte espiritual. Eu sou uma cantora bem profossional também, sou exigente, sou um tanto perfeccionista, sou sou chata comigo mesma, sempre acho que tenho alguma coisa para melhorar, mas sempre procuro estar em Deus.”

“Nosso foco não é só agradar o público, levar coisas diferentes, mas o principal é agradar a Deus. Deus está se agradando de mim? O que eu tô cantando é aquilo que Deus quer que eu cante? Estou em obediência com a Palavra de Deus? Quando vou me apresentar, procuro trazer esse ambiente espiritual”, diz a cantora.

Repertório de oração

“Eu escolho o repertório de uma forma muito pessoal. Eu me fecho muito para escolher as canções.” Damares explica que na época de escolha das músicas, compositores do todo o País enviam suas canções a um email específico. Depois de ouvir sozinha, ou junto com o esposo, em um ambiente de silêncio e oração. “Eu tenho que sentir alguma coisa na canção que eu estou ouvindo. Tenho que imaginar eu ministrando ela, com arranjos colocados, imaginar como vai ficar pronta.”

Depois ouvir todas as músicas e selecionar as que considera melhores, Damares leva a pré seleção para ouvir junto com seus pais. “Quantas vezes Deus já falou com meu pai, na hora ele começa a chorar e diz: ‘filha, grava porque essa é de Deus, Deus vai fazer coisas grandes’. Deus já mostrou visões para ele”. Damares conta que essa experiência aconteceu com as músicas Sabor de Mel, Batalha do Arcanjo, Consolador e A Dracma e Seu Dono.

“É um momento muito precioso da escolha do repertório. Por isso tem dado certo até hoje.”

Sabor de Mel

“Sabor de Mel é a marca né, é aquela coisa da identidade. Lembrou de Damares, lembrou de Sabor de Mel”, brinca a cantora. Desde abril de 2008, quando foi lançada, a música não deixou mais de ser cantada por Damares.

“Não tem como não cantar, é a canção que eu amo, é a música do meu coração.” Damares conta que Sabor de Mel foi composto por Agaílton Silva, que escreveu a letra baseado na história da cantora, na época. “É uma música que eu amo muito e até hoje, quando eu canto, sinto a graça e a presença de Deus.”

Casamento e Filhos

Casada há quase 19 anos, Damares e seu marido tem planos para aumentar a família. “Esse é um momento em que a gente está correndo atrás, estou tentando engravidar já tem uns dois ou três meses, indo em médico e tal.”

Ainda que muitos pensem que o casal não teve filhos por alguma complicação, Damares garante que não. “Só se a gente tem algum problema e não sabe, porque nunca tentamos antes”, diz a cantora. “É o tempo de Deus. Eu sinto que esse é o momento, meu esposo também sente, a gente está buscando e o tempo de Deus vai chegar”, finaliza.

Clique e assista a entrevista completa:

veja também