"Deus me mostrou que eu precisava sair da minha zona de conforto", diz Alexandre Martins

Em entrevista exclusiva ao GUIAME, o cantor e compositor do sucesso "A Última Palavra Vem de Deus" falou mais sobre o seu ministério, a alegria de ter uma de suas canções gravadas por Nani Azevedo e também sobre novos projetos nos quais tem trabalhado.

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Terça-feira, 2 Dezembro de 2014 as 3:54

"Deus me mostrou que eu precisava sair da minha zona de conforto", diz Alexandre Martins"A última palavra vem de Deus, ao meu respeito e ao Teu / Não temerei o dia mal / Deus é fiel, não falhará". Quem já ouviu e se emocionou ao som deste refrão na voz de Nani Azevedo, talvez ainda não conheça a história desta canção e de seu autor.

Em entrevista exclusiva ao GUIAME, o cantor e compositor - desta e de outras belas canções - Alexandre Martins falou mais sobre o seu ministério, a alegria de ter uma de suas canções gravadas por Nani Azevedo e também sobre novos projetos nos quais tem trabalhado.

Preparando o lançamento do EP "Nas Garras da Graça", o cantor já celebra a boa repercussão do clipe deste single.

Confira abaixo, a entrevista na íntegra:

Portal Guiame: O seu novo EP está levando o nome de "Nas Garras da Graça", que é o nome do seu novo single. O que surgiu primeiro, ganhando este tema? A canção ou o projeto do EP?

Alexandre Martins: Graça e paz. É um prazer estar aqui, conversando com vocês do Guiame, que têm exercido um trabalho maravilhoso. Na verdade a canção "Nas Garras da Graça" acabou "puxando" o EP. Esta composição foi um sopro do Espírito Santo! Estou trabalhando nele há quase seis meses de norte a sul do nosso país, com conexões incríveis, pessoas que não têm colocado valor naquilo que fazem. Pessoas que têm feito tudo por amor e por chamado. Esta música fala do resgate da paixão, do homem se apaixonar novamente pelo seu Criador. Ela fala sobre o amor de Deus por nós, mas também sobre a nossa gratidão por esse amor. E a gente está divulgando este trabalho, falando de Jesus em igrejas grandes, pequenas e em "igreja nenhuma" [risos]. Ministramos nas ruas, nas praças... Esses dias nós estávamos na frente da casa de um amigo meu, cantando com um violão... começou a juntar algumas pessoas ali e tivemos um momento maravilhoso. Então tem sido isso: um tempo novo, marcado pela "Nas Garras da Graça", que puxou e tematizou este novo EP. Em janeiro já vamos entrar em estúdio. Está marcado! Em duas semanas este EP estará pronto e em fevereiro a gente vem com força!.

Portal Guiame: O single "Nas Garras da Graça" já foi lançado e está sendo bem divulgado. O que você tem sentido de retorno deste lançamento? Quais os efeitos que você já consegue avaliar?

Alexandre Martins: Já deu para sentir algumas coisas. Deus está fazendo coisas diferentes. Nós gravamos um clipe aqui em Fortaleza, ali na Praia de Iracema, produzido pelo meu amigo, Rubens. Contamos também com o apoio da Comunidade Adoração Brasil, do Pr. Tourinho (que abriu as portas para mim aqui e tem me recebido com todo o carinho). Já deu para sentir que a Igreja estava precisando de uma música como esta e eu estava precisando ministrar uma música como esta. Então, com a "Nas Garras da Graça", eu sinto que foi Deus me mostrando: "Vem neste caminho aqui!". Ela foi o carro chefe, para que surgisse esta nova maneira de cantar, de compor no meu ministério. A gente vê que, graças a Deus, atualmente no Brasil, as letras das músicas não estão mais somente querendo receber de Deus. A igreja brasileira hoje está começando a entender também o princípio de entrega ao Senhor. O louvor como gratidão por aquilo Deus fez, pelo amor dEle, por simplesmente nós nos levantarmos todas as manhãs e respirarmos. Esta canção trouxe isto e já está sendo bem aceita. Este novo clipe já está com um acesso bacana no Youtube. Eu creio que vai caminhar daí para melhor.

Portal Guiame: Falar da graça divina é essencial para a mensagem do evangelho. Este seu EP também está ganhando também um caráter missionário. Nos fale mais sobre isto.

"Deus me mostrou que eu precisava sair da minha zona de conforto", diz Alexandre Martins

Alexandre Martins: Eu sempre achei que missões eram feitas na África. Não que não seja. Mas eu achava que só era feita em países como os da África, na Malásia, etc. Foi aí que eu descobri a realidade do sertão nordestino, por meio deste projeto liderado pelo Juliano Son [Livres] e também pelo novo trabalho do Diante do Trono / Igreja Batista da Lagoinha. Eu comecei a me interessar por isso e entender que precisamos de mais pessoas fazendo, se identificando. Eu conheci a cidade de Juazeiro do Norte (CE) e vi o quanto o nosso país precisa ser evangelizado. Eu descobri o quanto o nosso país precisam de pessoas que estejam dispostas a ir. A gente sempre clama: "Deus, envia-me a mim!", mas Deus me mostrou que eu precisava sair da minha zona de conforto e abrir a minha mente para algo que estava tão perto de mim e eu não sabia. Esta ligação do meu ministério com missões é um elo que eu nunca mais quero perder. Estamos indo a Juazeiro do Norte ainda esta semana, para oficializar o "Nas Garras da Graça" como um projeto missionário no Sertão Nordestino. Eu creio que isto seja algo que vai trazer recursos para missionários que estão lá. Eles precisamo de suporte, de dinheiro para se manter. Já conhecemos pessoas que fazem parte do nosso alvo de sustento missionário. Eu não vou morar no sertão nordestino, mas nós queremos enviar e manter, apoiar pessoas lá. Este novo trabalho tem marcado um tempo de busca, mas também de investimento missionário. Para mim, eu já estou colhendo isto de uma forma poderosa, maravilhosa!.

Portal Guiame: Você também é autor de canções que têm feito sucesso atualmente, mas foram gravadas por outros cantores. Exemplo disso é a música "A Última Palavra Vem de Deus", gravada pelo Nani Azevedo. Quando você compôs esta música, esperava que fosse repercutir desta forma?

Alexandre Martins: Esta música tem uma história muito bacana. No final de 2012, o meu pastor, Ney Messias, da "Nasci para Deus", de Guarulhos, me convidou para trabalhar com ele na igreja, em um grupo de tempo integral. Eu aceitei o desafio, mas fiquei um pouco preocupado, inicialmente, pela questão de não viajar mais como antes - a minha receita (sustento) vinha em boa parte destas viagens. Mas aí eu comecei a compor, quando estava tendo uma campanha na minha igreja, que teve como "Deus Tem a Última Palavra". Eu fiz uma canção para esta campanha e começamos a canta-la na igreja. No carvanal de 2013, o Nani Azevedo foi ministrar em nossa igreja. Ele já estava com o CD pronto para mandar para a fábrica. Eu estava ministrando com esta canção e o Nani Azevedo foi até o púlpito, chorando. Ele pegou o microfone e disse: "Gente, eu estou impactado. Senti que estava faltando uma música no meu CD e eu acabei de ouvi-la aqui". A música era exatamente esta "A Última Palavra Vem de Deus" e fazia parte do CD da minha igreja. Aí ele pediu ali mesmo a permissão para grava-la. Logicamente que o meu pastor concedeu a permissão e esta música virou tema do CD dele. O Nani é uma pessoa incrível, a simplicidade dele como adorador é algo fantástico. Eu me lembro quando o clipe desta música foi lançado no programa do Silas Malafaia... Foi uma experiência incrível! Hoje, quando eu viajo pelo Brasil e, quando toco esta música, as pessoas cantam comigo. Realmente, esta música foi um dos frutos que eu colhi por causa da obediência a Deus.

Clique no vídeo abaixo para conferir o novo clipe "Nas Garras da Graça":

Por João Neto - www.guiame.com.br 

veja também