Jean Carllos: "As nossas igrejas estão cheias de pessoas que só olham para o próprio umbigo"

O músico foi um dos preletores convidados para a Conferência Live, em Fortaleza (CE), na última sexta-feira (29), que também contou com a participação de Eli Soares. O evento continua neste sábado, com Rodolfo Abrantes e Louvor CN.

fonte: Guiame, João Neto

Atualizado: Sábado, 30 Maio de 2015 as 12:52

Jean Carllos (Oficina G3) relembra sucessos do Oficina G3 ao teclado, na Conferência Live, realizada pela Comunidade das Nações, em Fortaleza (CE).
Jean Carllos (Oficina G3) relembra sucessos do Oficina G3 ao teclado, na Conferência Live, realizada pela Comunidade das Nações, em Fortaleza (CE).

Na última sexta-feira (29), centenas de jovens se reuniram para curtir mais uma noite de muita música, com Eli Soares e também receberem uma Palavra por Jean Carllos (Oficina G3), na Conferência Live, que está acontecendo desde a última quinta-feira (28) e vai até este sábado (30), na Comunidade das Nações, em Fortaleza (CE).

Além de embalar a noite com canções animadas e também mais introspectivas, o cantor e compositor que tem se destacado atualmente no meio músical cristão, Eli Soares aproveitou compartilhar uma breve Palavra naquela noite.

"Quando Adão e Eva pecaram no Paraíso, a humanidade acabou ganhando um problemão, o maior de sua história. Mas Deus enviou o seu único filho para que morresse em nosso lugar, vencendo a morte e resolvendo este grande problema. Agora, se Deus é grande e poderoso para resolver o maior problema da humanidade, por que você acha que ele não pode resolver o teu problema?", questionou o cantor.

Eli Soares também orou com os jovens naquela noite e convidou-os a uma entrega total a Deus.

Propósitos
Convidado como preletor da noite, o tecladista e integrante da banda Oficina G3, Jean Carllos também falou sobre a importância de se confiar completamente em Deus e também esclareceu que, antes de mais nada, aquela Palavra falava ao coração dele mesmo.

"O que eu tenho para falar aqui hoje é algo pelo qual eu também estou sedento e também quero para mim. Eu não estou aqui na frente para te ensinar, eu estou aqui para compartilhar", disse.

Jean também alertou sobre o fato de a Igreja perder o foco de seu propósito principal.

"O que eu acho fantástico é o que aconteceu aqui, agora. Nós, como a Igreja de Cristo nos comprimentarmos, falar um com o outro, olhar para o lado e perguntar o nome da pessoa que de repente você nunca viu, ter o prazer de saber o nome dela e muitas vezes perguntar para ela: 'Está tudo bem?'. É lógico, que a gente espera que ela responda 'está tudo ótimo!', mas se ela te responder 'Não, está tudo uma porcaria', aí vamos entender por que estamos aqui. Você será um instrumento de Deus na vida desta pessoa", afirmou.

"Não faz sentido você entrar por estas portas, em um dia de conferência / de culto e se sentar naquele lugar que 'tem o seu nome', aí se levanta, canta um monte de músicas, senta, ouve o pastor falar, levanta, o pastor dá a bênção e você vai embora. Isto não é Igreja. Isto não é ser corpo. Você não está fazendo o seu papel aqui e nem em lugar nenhum. As nossas igrejas estão cheias de pessoas assim, que só olham para o seu próprio umbigo".

Memórias
Além da pregação, Jean Carllos também 'matou a saudade', relembrando canções que marcaram a história do Oficina G3, como "Magia Alguma", "Novos Céus" e "Espelhos Mágicos".

"Eu não canto e todo mundo sabe disso. Mas me emociono ao lembrar que tocávamos músicas como estas nos cultos de nossa igreja nesta época", confessou o músico.

Continua
Além de Eli Soares e Jean Carllos, já passaram pelo evento, os Pastores Dito Rodrigues, Nelsinho (Ministério Eu Escolhi Esperar) e Junior Neguebe. Para este sábado, já estão confirmadas as participações de Samuel Vagner, Louvor CN e no palco 'Sunset', com JDL Band, DJ Nildo Gueto, Mano R e Banda Deus abençoe Noiz. No domingo pela manhã e à noite, Rodolfo Abrantes será o preletor do evento.

veja também