Site avalia músicas cantadas nas igrejas do Brasil

O site já publicou a análise das músicas “Há Uma Unção”, “Quebrantado”, “Aos Olhos do Pai” e “Senhor, Preciso de Ti”.

fonte: Guiame

Atualizado: Terça-feira, 22 Dezembro de 2015 as 4:59

Cante as Escrituras
Cante as Escrituras

Um site que faz análise de músicas que são tocadas nas igrejas do Brasil está ganhando destaque nas redes sociais. O "Cante as Escrituras" é um projeto fundado pelo pastor Yago Martins, conhecido pelo canal Dois Dedos de Teologia.

O site conta com um time de reúne nomes como Filipe Castelo Branco (novo diretor de atividades) que é graduado em Marketing pela Universidade Estácio de Sá e Social Media do blog Reforma21 e do Bibotalk, um podcast de teologia. Vinícius Silva Pimentel , bacharel e mestrando em direito pela Universidade Federal de Pernambuco. Diego Marins, advogado, graduado em Direito pela Universidade Federal Fluminense e outros.

Em entrevista exclusiva para o Portal Guiame, Filipe comenta sobre o objetivo do ministério. "Nosso objetivo como ministério virtual, que serve a igreja por meio do blog é auxiliar a igreja brasileira na questão dos cânticos congregacionais, músicas voltadas para o culto. Nós sabemos que nem todas as músicas cristãs que existem são músicas para o culto. Porque as músicas para o culto devem ser músicas que todos, desde a criança mais nova ao idoso possa cantar", pontuou.

O que é "Louvor"?

Filipe afirma que para a música ser cantada durante o culto, ela deve enaltecer os atributos de Deus. “Outro principio da música congregacional é que elas devem ser louvores. Elas não devem contar uma narrativa bíblica ou contar qualquer outra história, mas devem falar dos atributos de Deus e elogiar esses atributos. E essa é uma definição muito básica e muito fácil pra se entender o louvor e a importância do cântico congregacional. Porque se esse louvor não elogia a Deus em nenhum momento, não exalta os atributos de Deus, a glória a graça e qualquer um de seus atributos, essa música não é um louvor”, ressalta o diretor.

Perguntamos o que Filipe acha da música cristã atual. "A minha visão sobre a música atual é que ela é eclética. No geral, ela realmente e infelizmente vem fugindo dos padrões bíblicos. Hoje o foco é o homem, é a benção de Deus, o foco é simplesmente pular, correr, dançar e a gente vê que essas palavras hoje fazem parte de várias músicas gospel , não só no Brasil, mas no mundo todo", respondeu.

Conteúdo

O Cante as Escrituras já publicou a análise das músicas “Há Uma Unção” de Kleber Lucas. “Quebrantado” do grupo Vineyard. “Aos Olhos do Pai” do Ministério Diante do Trono e por último, a análise mais recente, da canção “Senhor, Preciso de Ti” do cantor católico Matt Maher que ganhou versão em português pelo Paulo César Baruk.

Além das análises, o site contém artigos sobre o comportamento de líderes de louvor, festividades cristãs, música e arte. Para conferir, basta acessar o site canteasescrituras.com.

História

O Cante as Escrituras iniciou como um movimento no fim de 2010 por Yago Martins e seu primo Paulo de Castro. De acordo com o site, a motivação dos dois era promover uma reflexão sobre o que a Bíblia ensina em relação a adoração e louvor. O movimento desenvolveu panfletos que eram entregues em shows na cidade de fortaleza (CE) como forma de conscientização. Com o tempo, o movimento ganhou força e chegou a outras cidades como Aquiraz, Vila Velha, Recife, Distrito Federal, Natal, Fortaleza e Salvador quando outras pessoas foram se integrando às atividades.

Em 2015, o então Ministério Cante as Escrituras passou a ser administrado por Filipe Castelo Branco que retornou as atividades de seu blog, com um novo logo, promovendo edificação e ensino para irmãos de fala portuguesa.

veja também