Jonas Vilar fala sobre música gravada com Bruno e Marrone: "O evangelho está sendo pregado"

O cantor foi uma das participações de destaque da Expoevangélica 2016 e concedeu uma entrevista exclusiva ao Portal Guiame, falando sobre sua carreira e também contando detalhes da nova parceria com a famosa dupla sertaneja, Bruno e Marrone.

fonte: Guiame

Atualizado: Terça-feira, 12 Julho de 2016 as 2

Sucesso do estilo sertanejo universitário gospel, o cantor e pastor Jonas Vilar não tem ficado conhecido apenas por sua energia supreendente quando sobe ao palco, mas também por suas iniciativas um tanto inusitadas em seus trabalhos, como a gravação do clássico "Noites Traiçoeiras", com a dupla Bruno e Marrone.

O cantor foi uma das participações de destaque da Expoevangélica 2016 e concedeu uma entrevista exclusiva ao Portal Guiame, falando sobre sua carreira e também contando detalhes da nova parceria com a famosa dupla sertaneja.

"Foi muito impactante. No dia em que estávamos colocando a voz [em estúdio], o Bruno até se emocionou, chorou e falou várias vezes para mim: 'Cara, que música, que canção, eu estou sentindo uma coisa muito forte dentro de mim'. Quando a gente grava uma canção não tem noção de quem ela vai atingir, aonde ela vai chegar e o que ela vai causar na pessoa que vai ouvir", destacou.

Jonas também afirmou que acredita no efeito positivo que a nova versão da música pode surtir entre os que admiram tanto o seu trabalho, como o da dupla.

"Eu acredito que esse intercâmbio entre Jonas Vilar e Bruno & Marrone vá ser uma 'isca no anzol' para ganhar muitas vidas para Jesus. O apóstolo Paulo falou uma coisa interessante: 'Me fiz de grego para ganhar os gregos, judeu para ganhar o judeu'. A gente tem que realmente levar a Palavra de Deus e alcançar, porque o Evangelho tem que chegar. O Evangelho tem que ser pregado nos quatro cantos do planeta", acrescentou.

Jonas Vilar é atualmente um dos grandes nomes da música gospel, seguindo o estilo sertanejo universitário. (Imagem: Youtube / Guiame Notícias)

Expectativa constante
Questionado sobre a animação com a qual conduz as suas apresentações, o cantor revelou a oração se faz sempre presente, também nos ambientes de shows.

"Toda vez que eu vou subir [ao palco], eu faço a minha oração. Sempre fico muito nervoso antes de subir e eu acho que isso nunca vai acabar", confessou.

 

veja também