"Muitos ministérios têm se tornado um produto nas mãos de gananciosos", diz Peter Quintino

O cantor Peter Quintino passou pela Expoevangélica 2016 e teve a oportunidade de falar mais sobre este novo trabalho em uma entrevista exclusiva ao Portal Guiame a alertou que tem visto ministérios "perderem a essência".

fonte: Guiame

Atualizado: Sexta-feira, 15 Julho de 2016 as 4:30


"O nosso pedido, primeiramente é: 'Deus, faz tudo novo de novo". A declaração do ministro de louvor Peter Quintino - conhecido por ter liderado o Ministério Ipiranga - vem mostrar também o título de seu novo CD, que está sendo lançado pela Canzion e, segundo ele, surge em um contexto alarmante que muitos ministérios cristãos têm vivido.

O cantor passou pela Expoevangélica 2016 e teve a oportunidade de falar mais sobre este novo trabalho em uma entrevista exclusiva ao Portal Guiame a alertou que tem visto ministérios "perderem a essência".

"Para nós, este CD é um marco, porque não é só um pedido. Nós cremos que há algo profético acontecendo, não sobre o ministério Ipiranga, somente, mas sobre os ministérios do Brasil. Muitos têm se corrompido, perdido a essência, tornado um produto nas mãos de pessoas gananciosas", afirmou.

Peter lembrou que o nome do CD está relacionado a algo que Deus tem colocado em seu coração: 'o desejo de voltar à essência'.

"Deus nos disse e tem falado com diversos ministérios: 'Eu quero fazer tudo de novo, para que a ênfase seja minha, para que a adoração seja para mim, para que isso não seja um produto barganhado nas mãos dos homens", destacou.

Peter Quintino tornou-se conhecido por liderar o Ministério Ipiranga e agora está lançando o seu CD "Faz Tudo Novo de Novo". (Foto: Levi Facó / Guiame)

"O nosso pedido, primeiramente é: 'Deus, faz tudo novo de novo'. Que a gente volte lá para o início do nosso chamado, quando a nossa vontade era somente honrar e adorar o Seu nome, a nossa vontade era fazer o nome do Senhor grande. Então, a começar em mim, faz tudo novo de novo. Esse tem sido o grito do nosso corção para esses dias", destacou.

 

 

veja também