Soraya Moraes: "Não espere teu pastor convencer o teu filho a ser crente"

O Portal Guiame recebeu Soraya Moraes em seu stand da Expoevangélica 2016 e conversou com ela sobre música, família e ministério.

fonte: Guiame

Atualizado: Sexta-feira, 8 Julho de 2016 as 11:01

Soraya Moraes já não é mais apenas uma das vozes mais conhecidas da música gospel nacional, mas também uma renomada palestrante, que tem edificado milhares de famílias com suas reflexões sobre casamento e educação dos filhos. A cantora marcou presença no primeiro dia da Expoevangélica 2016, em Fortaleza (CE), cantando diversos sucessos de sua carreira e divulgando seu novo CD "Shekinah".

O Portal Guiame recebeu Soraya Moraes em seu stand e conversou com ela sobre música, família e ministério.

Auxiliada pelo marido e pela filha em seu ministério, Soraya explicou que é papel dos pais investir no amadurecimento espiritual dos filhos.

"O testemunho maior vem de casa. Não espera o teu pastor convencer o teu filho a ser crente. O líder da mocidade não vai convencer o teu filho a seguir um ministério. É você, pai, mãe, a casa, o lar", destacou.

Investindo em maturidade
A cantora também afirmou que sempre teve o cuidado de ensinar a sua filha a "se virar sozinha" e afirmou que esta decisão significou um investimento valioso.

Cantora, palestrante, mãe e esposa, Soraya Moraes tem ido além de seu ministério de música, buscando compartilhar reflexões edificantes com famílias. (Foto: Guiame)

Segundo Soraya, aprender a lidar com as atividades domésticas não é importante apenas para as meninas, mas também para os garotos.

"Você vai estar preparando um filho para o mundo, para ser um bom marido, um bom pai. Então eu acho que a mãe de um menino também tem que ensiná-lo a ser um ajudante. A vida moderna acaba forçando os dois [homem e mulher] a trabalhar, então se o marido ajuda, isso também contribui muito para o crescimento dele".

"Ensine ao teu filho como arrumar a cama, fazer um arroz. Isso vai ajudar muito bom no futuro, quando ele for para a faculdade, tiver que morar fora. Ele não vai ficar naquela crise: 'mamãe fazia tudo para mim' e também será algo muito bom para ele em uma vida a dois, porque será um ótimo marido. Temos que quebrar esse preconceito".

 

veja também