MENU

Em maio, preço do m² cai em 11 de 15 cidades

Em maio, preço do m² cai em 11 de 15 cidades

fonte: Globo.com

Atualizado: Quarta-feira, 4 Junho de 2014 as 8:41

dinheiroA alta nos preços dos imóveis perdeu força pelo sexto mês seguido em maio, segundo pesquisa divulgada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), perdendo para a inflação no acumulado de 2014, segundo o índice FipeZap, que cobre 16 cidades brasileiras.

No mês passado, o preço médio do metro quadrado de apartamentos nas 16 cidades analisadas subiu 0,49% em relação a abril - variação igual a registrada na passagem de março para abril.
No ano, a alta do preço dos imoveis é de 2,98%. Considerando a variação esperada para o IPCA de maio (de 0,45%, segundo o boletim Focus do Banco Central), a inflação no país em 2014 chega a 3,32%. Ou seja, a alta do preço médio do m² nas 16 cidades monitoradas está abaixo da inflação acumulada de 2014, caracterizando queda real no valor dos imóveis, destaca a pesquisa.

Das 16 cidades, 11 tiveram queda real no preço dos imóveis em maio, sendo que 4 delas registraram queda nominal: Curitiba (-0,68%), Brasília (-0,23%), Santo André (-0,16%) e São Bernardo do Campo (-0,12%) - a queda nestas duas últimas é um fato inédito desde que os preços no ABC passaram a ser monitorados pelo Índice FipeZap em 2012.
Na análise do acumulado do ano, a queda em termos reais nos preços ocorreu em 8 cidades.
Fortaleza e do Rio de Janeiro lideram com a maior alta de preços no ano, de 5,20% e 4,74%), respectivamente. Na sequência, aparecem Vitória (4,23%) e Niterói (3,9%). Em São Paulo, a alta no ano é de 3,59%, com elevação de 0,71% em maio.

Maiores quedas
Porto Alegre e Brasília registram as maiores quedas de preços no acumulado no ano, de -1,33% e -0,42%, respectivamente.
No acumulado dos últimos 12 meses, o aumento médio, entretanto, ainda é de 11,7%.

Segundo a Fipe, os valores médios do m² em maio ficaram entre R$ 10.609 (Rio de Janeiro) e R$ 3.942 (Vila Velha). Em São Paulo foi de R$ 8.060 e a média das 16 cidades foi de R$ 7.494.
No Rio de Janeiro, o m² mais caro é o do Leblon, a R$ 22.436. Em São Paulo, o maior preço é o dos imóveis da Vila Nova Conceição, R$ 13.871 o m².

O Índice FipeZap foi desenvolvido e é calculado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), em parceria com o portal ZAP Imóveis. O indicador acompanha o preço médio do metro quadrado de apartamentos prontos em 16 municípios brasileiros com base em anúncios da internet. Os municípios abrangidos são: Rio de Janeiro, São Paulo, Niterói, Brasília, Belo Horizonte, Recife, Fortaleza, São Caetano do Sul, Florianópolis, Porto Alegre, Santo André, Salvador, São Bernardo do Campo, Vitória, Curitiba e Vila Velha.

veja também