MENU

Com base na ficha limpa, Soninha Francine tem registro negado

fonte: Terra.com

Atualizado: Quinta-feira, 28 Agosto de 2014 as 8:24

O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo indeferiu nesta quarta-feira o pedido de registro de candidatura da ex-vereadora Sonia Francine (PPS), que pleiteia uma vaga na Câmara dos Deputados. Por maioria de votos, o plenário entendeu que Soninha se enquadra na causa de inelegibilidade prevista na Lei da Ficha Limpa.

Soninha, que foi diretora técnica da Superintendência do Trabalho Artesanal nas Comunidades (SUTACO), teve as contas relativas a 2011 rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo. A lei prevê que são inelegíveis os que tiverem suas contas relativas ao exercício de cargos ou funções públicas rejeitadas por irregularidade para as eleições que se realizarem nos oito anos seguintes, contados a partir da data da decisão.

A candidata poderá contestar a decisão no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

 

veja também