MENU

Dilma e Aécio buscarão eleitores nas 4 cidades que concentram metade dos votos

fonte: Globo.com

Atualizado: Quarta-feira, 8 Outubro de 2014 as 11:31

Além de tentarem manter fieis os votos que receberam no 1º turno, Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB) vão brigar por ao menos 36,8 milhões de eleitores nesta reta final de campanha rumo à Presidência, pouco mais da metade disso em quatro estados (SP, RJ, MG e PE).

O número inclui os votos de Marina e de candidatos nanicos, além dos brancos e nulos. Estão fora da conta as abstenções de cerca de 27,4 milhões de eleitores (se mantiver o padrão de eleições passadas, a abstenção deve ser um pouco mais alta no 2º turno: em 2006, subiu de 16,75% para 18,99%, e em 2010, de 18,12% para 21,5%).

Em números absolutos, o colégio eleitoral de SP é o que mais deve atrair a atenção dos presidenciáveis. São 9,6 milhões de votos dados a Marina, Luciana Genro e outros tantos anulados que os dois querem capitalizar durante a campanha.

No Rio de Janeiro, onde Marina foi bem, a briga também promete ser acirrada pelos votos. São ao menos 4,4 milhões (2,5 milhões apenas da candidata do PSB).

Outro fiel da balança pode ser Minas Gerais, estado que Aécio governou por oito anos. Apesar de ter saído derrotado no 1º turno, o senador pode tentar recuperar votos de Marina e de brancos e nulos na primeira etapa (que somam 2,9 milhões).

 

veja também