MENU

Em Santa Catarina, urna que quebrou pode mudar resultado da Eleição

fonte: Terra.com

Atualizado: Sexta-feira, 31 Outubro de 2014 as 1:26

Em Içara, no sul de Santa Catarina, uma urna quebrou durante a votação do primeiro turno e 287 votos foram perdidos. Por se sentir prejudicado, o deputado estadual Dóia Guglielmi (PSDB), que não se reelegeu por apenas 38 votos, recorreu à Justiça Eleitoral. No último dia 15, a juíza Bárbara Thomaselli acatou o pedido. "Tudo leva a crer que a contagem de todos os votos modifique a situação de Guglielmi", disse. As informações são da Folha de S. Paulo. 

De acordo com o jornal, o deputado - que, com 4.489 votos, foi o mais votado na cidade - teve uma média de exatos 38 votos nas outras três seções da escola da urna que apresentou problemas - 32, 40 e 42, respectivamente. Quem acabou eleito pela coligação foi o ex-deputado federal Dr. Vicente (PSDB), que teve apenas três votos no município. 

Ainda segundo a publicação, após o problema detectado na urna, técnicos transferiram a memória para outras quatro urnas reservas, mas elas também não funcionaram. Os eleitores seguintes, então, utilizaram cédulas. Os 287 votos anteriores, no entanto, foram anulados.

O Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina aprovou a realização de uma audiência pública para a perícia na urna e determinou que técnicos do TSE a acompanhem para tentar recuperar dados previamente criptografados.

Segundo a Justiça Eleitoral, de 8.755 urnas trocadas no Brasil nessa eleição, apenas nessa houve esse problema.

veja também