MENU

Marina Silva critica uso da morte de Eduardo Campos em horário eleitoral

fonte: Terra.com

Atualizado: Quarta-feira, 20 Agosto de 2014 as 10:01

Marina Silva participou da missa de sétimo dia realizada em homenagem a Eduardo Campos nesta terça-feira, em Brasília. Depois da cerimônia, a ex-senadora fez um breve pronunciamento em que criticou a postura de candidatos às eleições que, segundo ela, têm "explorado" a morte do companheiro. As informações são da Folha de S. Paulo. 

"Nosso esforço, de todos os brasileiros, independente de partido, é que sua trajetória, sua insistência em renovar a política não seja tratada como herança, onde cada um pega um fragmento do despojo, mas que seja tratada como um legado em que quanto mais pessoas puderem se apropriar dele, melhor fica", disse.

veja também