MENU

Na Bahia, Rui Costa é eleito Governador no primeiro turno

fonte: Globo.com

Atualizado: Segunda-feira, 6 Outubro de 2014 as 8:38

Eleito governador da Bahia para os próximos quatro anos, Rui Costa (PT) afirmou durante discurso de vitória, na noite deste domingo (5), que quer transformar a Bahia em um estado moderno e atrativo para grandes investimentos.

"Eu quero, no final de quatro anos, ter uma capital mais moderna, um estado da Bahia mais moderno, com condições de atrair empregos não na guerra fiscal, mas na infraestrutura, na logística, ou seja, tornar esse estado um estado competente do ponto de vista da sua infraestrutura e da capacidade de produzir a custos baixos", afirmou.

A vitória em primeiro turno, segundo Rui Costa, atesta uma identificação do povo baiano com o projeto do PT no estado. “Eu fico feliz com o vínculo que conseguimos criar com esse projeto político com as pessoas mais simples. Podem ter certeza, eu darei o melhor de mim, como dei em toda a minha vida”, afirmou.

Para ele, a proposta de um novo governo conseguiu “despertar na população um afeto, um carinho, uma credibilidade fortíssima, principalmente, nas áreas mais simples da população”, destacou.
Sobre as pesquisas de intenção de voto, que colocou o candidato em segundo lugar na maioria das edições, Rui Costa disse que a virada não ocorreu neste domingo. "Prefiro comentar sobre pesquisas depois que passar o momento da comemoração. Esse eu não acho que seja o momento ideal. O que está claro é que a vontade popular era essa. Eu só quero reafirmar o que eu disse hoje quando eu fui votar: não foi na última semana que a eleição virou. Esse sentimento nós já vivenciávamos há semanas", declarou.

Para Rui Costa, em relação ao governo Jaques Wagner (PT), "os desafios mudam, mas eu diria que a grande tarefa é oferecer uma saúde melhor para a população e oferecer um estado com mais oportunidade para o povo", concluiu.

Em discurso no Palácio de Ondina, residência oficial do governador, Jaques Wagner disse Rui Costa terá a oportunidade fazer um governo melhor do que o dele.
"Vai ser um governador melhor do que eu fui. Não estou falando isso para agradar. Estou falando, porque eu acho que ele é um jovem mais preparado, que errou comigo os erros do primeiro governo do PT na Bahia, que não vai errar mais. Que acertou comigo e vai aprofundar esses acertos nesses oito anos", considerou.

Vitória
Rui Costa, do PT, foi eleito neste domingo (5) governador da Bahia para os próximos quatro anos. Com 99% das urnas apuradas, o petista teve 3.535.906 votos, o que corresponde a 54,51% dos votos válidos, contra 2.424.262 de Paulo Souto (DEM), ou 37,37% do total (confira a apuração completa no estado).

A vitória marca a continuidade do PT no governo baiano. Nos últimos oito anos, a Bahia foi governada pelo petista Jaques Wagner, do qual Rui Costa foi secretário de estado.
Derrotado, Paulo Souto desejou que Rui Costa possa fazer um bom governo. "Eu fico tranquilo porque acho que cumpri minha obrigação, chamei atenção dos baianos para os principais problemas da Bahia. Eu acho que essa é a parte importante que fica na campanha. E o que eu desejo que o vencedor possa fazer um bom governo, que atenda as expectativas que a Bahia tem a esse respeito", disse.

História
Rui Costa, economista por formação, nasceu no bairro da Liberdade, em Salvador, no dia 18 de janeiro de 1963. Filho de metalúrgico e dona de casa, chegou a concluir o curso de instrumentação da Escola Técnica Federal (hoje IFBA) e a cursar Ciências Sociais antes de migrar para economia, na Universidade Federal da Bahia (UFBA).
A vida política começou no Polo Petroquímico de Camaçari, na década de 1980, quando passou a frequentar assembleias de trabalhadores em crítica às condições da fábrica. Aos 22 anos, foi um dos líderes da greve que paralisou o Polo. Foi presidente do Sindiquímica e ajudou a fundar o Partido dos Trabalhadores (PT). Em 2000, foi eleito vereador pela capital baiana e reeleito em 2004. Entrou no governo de Jaques Wagner em 2007 como Secretário de Relações Institucionais. Em 2010, deixou o cargo para ser deputado federal. Dois anos depois assumiu o cargo de Secretário-Chefe da Casa Civil da Bahia, no segundo mandato de Jaques Wagner.

Confira votação dos candidatos (96% das seções apuradas)
Rui Costa (PT): 54,51%
Paulo Souto (DEM): 37,37%
Lidice da Mata (PSB): 6,65%
Marcos Mendes (PSOL): 0,78%
Rogério Da Luz (PRTB): 0,43%
Renata Mallet (PSTU): 0,26%

veja também