MENU

Neste ano, urnas biométricas serão usadas por 15% do eleitorado brasileiro

fonte: UOL

Atualizado: Quarta-feira, 20 Agosto de 2014 as 3:12

Nas eleições deste ano, 762 municípios, entre eles 15 capitais, usarão usarão biometria nas urnas eletrônicas para identificar os eleitores. Ao todo, 21,6 milhões de pessoas serão identificadas pelo método, o que significa 15% do total de eleitores do país.

Como as impressões digitais de uma pessoa são únicas e a comparação na base de dados é feita por um programa de computador, a biometria é considerada um dos processos mais modernos e eficazes de identificação humana na atualidade.

"É o processo mais seguro que existe", afirma o secretário de Tecnologia da Informação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Giuseppe Janino. Segundo ele, o propósito de usar a biometria é reduzir a intervenção humana no processo eleitoral ao máximo e, consequentemente, reduzir também os riscos de erros, fraudes e lentidão. "Podemos dizer que não existe sistema perfeito, mas certamente a identificação biométrica é infinitamente mais precisa e segura que a identificação normal, feita pelo homem", destaca.

 

 

veja também