MENU

Partido Rede entrega propostas de apoio a Aécio

Nesta quinta (9), porta-voz havia dito que Rede se encontraria com Aécio. Propostas são condição para Marina apoiar PSDB no segundo turno.

fonte: Globo.com

Atualizado: Sexta-feira, 10 Outubro de 2014 as 12:03

A Rede Sustentabilidade, grupo político criado pela ex-senadora Marina Silva, já apresentou propostas para a coordenação da campanha do candidato do PSDB, Aécio Neves. As propostas são condição para que Marina dê apoio ao tucano no segundo turno. Como o documento já foi enviado, a assessoria da Rede informou que o partido não terá uma reunião com Aécio, como estava inicialmente previsto.

Nesta quinta (8), o porta-voz da Rede, Walter Feldmann, havia informado que representantes do grupo de Marina se reuniriam com Aécio para apresentar as propostas. Segundo a Rede, a reunião não vai mais acontecer, mas as propostas apresentadas continuam sendo condição para Marina dizer se vai apoiar o candidato do PSDB.

Principais pontos  apresentados
Entre os compromissos que o grupo considera “fundamentais” que sejam adotados pelo tucano está, segundo relatou o coordenador Pedro Ivo, reforma agrária, manutenção dos direitos dos trabalhadores, demarcações de terras indígenas e de unidades de conservação , adoção de uma política “progressista” em relação ao clima, escola em tempo integral, passe livre para estudantes e revisão do fator previdenciário.

Walter Feldman, disse que será uma “boa iniciativa” se Aécio comprometer publicamente com essas bandeiras em forma de carta ou documento público. “Cartas redigidas que simbolizem contrato de trabalho do futuro governo serãoextremamente positivas. O Brasil precisa resgatar a confiança nos políticos”, disse Feldman, um dos fundadores da Rede ao lado de Marina.

Confira abaixo quais os pontos considerados importantes pela Rede:

-  Fim da reeleição, com mandato de cinco anos;
- Adoção de uma visão mais abrangente do desenvolvimento;
- Educação de qualidade;
- Introdução da sustentabilidade nas decisões sobre políticas públicas;
- Descarbonização da economia;
- Prioridade à economia sustentável;
- A sustentabilidade precisa estar presente no campo e na cidade;
- Fortalecimento da agricultura familiar;
- Proteger os nossos territórios, seus recursos naturais e suas populações;
- Garantia inegociável de todos os direitos humanos e expansão dos direitos sociais e dos trabalhadores, aumentando e qualificando os empregos;
- Movimentos sociais precisam ser ouvidos;
- Melhores serviços públicos;
- Mais recursos para a saúde;
- Garantir a segurança de todos.



veja também