MENU

Pesquisa do Ibope diz que maioria já tem voto decidido

fonte: Globo.com

Atualizado: Quarta-feira, 24 Setembro de 2014 as 11:01

Pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira (23) mostra, dentre os eleitores que declaram o voto em um dos candidatos ou que pretendem votar em branco/nulo, o quão certos estão desta decisão e o quão propensos estão à mudança até o dia 5 de outubro.

Para fazer essa medição, o instituto pergunta qual frase melhor define o voto em seu candidato para presidente. São elas:
- “é uma decisão definitiva, que não mudará de jeito nenhum”
- “é uma decisão firme, mas que poderá mudar no decorrer da campanha”
- “é uma escolha do atual momento, que durante a campanha poderá mudar”
- “é apenas uma preferência inicial”

Entre os eleitores de Dilma, 69% dizem que a decisão do voto é definitiva; 19% que é uma decisão firme; 6% que é uma escolha do atual momento e 3% que é uma preferência inicial.

Já entre os que declaram votar em Marina, 57% dizem se tratar de uma decisão definitiva; 23% que é uma decisão firme; 10% que é uma escolha do atual momento e 6% que é uma preferência inicial.

Entre os eleitores de Aécio, 61% dizem que a decisão já é definitiva; 20% que é uma decisão firme; 11% que é uma escolha do atual momento e 4% que é uma preferência inicial.

Dentre aqueles que dizem que votarão em outros candidatos, 38% julgam ser uma decisão definitiva, 26% uma decisão firme, 12% uma escolha do atual momento e 9% uma preferência inicial.

Do total dos que dizem que votarão em branco ou em nulo, 68% consideram a decisão definitiva, 13% apontam ser uma decisão firme, 7% uma escolha do atual momento e 5% uma preferência inicial.

Na pesquisa, Dilma aparece com 38%, Marina com 29% e Aécio com 19%. O Ibope ouviu 3.010 eleitores em 206 municípios do país entre os dias 20 e 22 de setembro. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de dois pontos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-00755/2014. Ela foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal "O Estado de S.Paulo".

 

veja também