MENU

Gabriel Medina vence o WCT da Gold Coast

Gabriel Medina vence o WCT da Gold Coast

Atualizado: Terça-feira, 11 Março de 2014 as 6

Gabriel Medina

Com uma virada sensacional nos minutos finais, Gabriel Medina (foto acima) derrotou o australiano Joel Parkinson e venceu o WCT da Gold Coast, que abre a temporada do circuito mundial de surfe na Austrália. Gabriel Medina mostrou um belo repertório de manobras e arrancou notas altas durante todo o campeonato, batendo Parko, campeão mundial em 2012, por 16,33 a 16,27 pontos nesta terça-feira.

- É inacreditável. Resultado de muito treino. Me senti muito bem, especialmente na final contra Parko. Ele é o cara que sempre olhei, admirei o estilo. Respeito muito ele. É o melhor dia da minha vida - vibrou um emocionado Gabriel após ser carregado pela areia aos gritos de "é campeão" pelos brasileiros que acompanhavam o campeonato em Snapper Rocks.

- Obrigado a todos aqui na praia. Aqui é Brasil! - comemorou ele ao receber o troféu.

Adriano de Souza parou nas semifinais e terminou o campeonato na terceira posição após ter derrotado Kelly Slater duas vezes nesta terça.


Mostrando talento para achar bons tubos em Snapper, Parkinson abriu a bateria logo com uma nota 9. Medina respondeu com um 6,17 e um 7, assumindo a liderança provisoriamente. O australiano conseguiu um 6,83 e depois ampliou a vantagem com um 7,27. A final parecia decidida, mas o brasileiro pegou duas ótimas ondas em sequência, 8,50 e 7,83, virando o resultado.

Esta foi a primeira vitória de um brasileiro no WCT da Gold Coast e a terceira vitória na carreira de Medina (ele venceu o WCT da França e de San Francisco em 2012). Também foi a primeira vitória de um goofy (surfista que posiciona o pé direito na frente da prancha) na Gold Coast desde 2004. A próxima etapa do WCT também será disputada na Austrália, em Margaret River, de 2 a 13 de abril.

Em seu caminho para a final, Medina iniciou a terça-feira derrotando Mick Fanning e CJ Hobgood na quarta fase. Nas quartas de final, o brasileiro voltou a bater Mick Fanning, somando 15,83 contra 14 pontos do atual campeão mundial. A semifinal não foi indicada para cardíacos. Em uma disputa apertada contra o australiano Taj Burrow, Medina estava precisando de uma nota 7,21 para conseguir a virada nos segundos finais. Taj tinha a prioridade da escolha de onda, mas o brasileiro conseguiu achar uma boa direita mesmo assim e encaixou uma manobra atrás da outra para conseguir um 7,23 e vencer por centésimos: 14,13 a 14,10.

VÍDEO: A vitória de Medina sobre Fanning

VÍDEO: A vitória de Medina sobre Taj Burrow

Quem também fez bonito em Snapper Rocks foi Adriano de Souza. Ele começou o dia vencendo sua bateria da quarta fase contra Kelly Slater e Josh Kerr, avançando direto para as quartas, onde reencontrou o americano 11 vezes campeão mundial. Novamente Mineirinho levou a melhor sobre Slater, vencendo por 16,53 a 12,17 pontos. Nas semifinais, porém, o brasileiro não teve chances contra Joel Parkinson, que liderou desde o começo com um 9,93 e venceu por 18,70 a 9,67. Parko já havia eliminado outro brasileiro - Miguel Pupo - nas quartas de final.

Na final feminina, a australiana Stephanie Gilmore derrotou a sul-africana Bianca Buitendag, saltando na liderança do ranking da temporada.

LEIA AINDA: Polêmica entre Adriano de Souza e Jeremy Flores

Resultados do WCT de Gold Coast:

1 - Gabriel Medina (BRA)
2 - Joel Parkinson (AUS)
3 - Taj Burrow (AUS)
3 - Adriano de Souza (BRA)
5 - CJ Hobgood (EUA)
5 - Mick Fanning (AUS)
5 - Kelly Slater (EUA)
5 - Miguel Pupo (BRA)


veja também