"Sou o responsável", diz Felipão sobre vexame histórico na semifinal

Fonte: G1Atualizado: quarta-feira, 9 de julho de 2014 12:28
"Sou o responsável", diz Felipão sobre vexame histórico na semifinal
"Sou o responsável", diz Felipão sobre vexame histórico na semifinal

"Sou o responsável", diz Felipão sobre vexame histórico na semifinalFoi uma humilhação. O Brasil levou sete gols da Alemanha, cinco deles nos primeiros 30 minutos de jogo no Mineirão, em Belo Horizonte. A seleção de Luiz Felipe Scolari desapareceu em campo e assistiu à maior goleada que o Brasil sofreu na história das Copas. Para não ficar tão feio, Oscar conseguiu fazer um gol para o Brasil aos 45 minutos. Placar de 7 a 1 na semifinal.

Agora resta à seleção disputar o terceiro lugar. Será a quarta vez que o país busca essa colocação em uma Copa. No próximo sábado (12), enfrentará o perdedor de Argentina e Holanda, no Mané Garrincha, às 17h (de Brasília). O adversário do Brasil será definido nesta quarta-feira (9).

Antes mesmo do intervalo, torcedores começaram a deixar a Fan Fest, em São Paulo. O local, que tem capacidade para 30 mil pessoas, estava lotado no começo da partida. Melancólicos, os torcedores aplaudiram o sexto gol alemão. A mesma coisa aconteceu no Alzirão, na Tijuca, Zona Norte do Rio. Em Copacabana, torcedores relataram brigas e tentativas de arrastões.

Até no Mineirão, torcedores decidiram ir embora mais cedo. O clima ficou pesado. Quem resistiu até o final chorou, sofreu, mas aplaudiu e fez coro de "olé" para a Alemanha. Aos 35 minutos do segundo tempo, os torcedores alemães ouviram (em alemão e em inglês) a orientação para permanecer no lugar após o apito final. A saída deles foi escoltada pela Tropa de Choque e por seguranças da Fifa. A medida foi tomada para evitar possíveis acessos de revolta de brasileiros contra os rivais.

Torcedores de todo o país lamentaram o resultado. "Perder, tudo bem, mas tem que ser com alguma honra. Muito decepcionante. Agora quero que o Brasil enfrente a Argentina na disputa pelo terceiro lugar, e ganhe, claro", disse a alagoana Ana Lúcia Flores, 37 anos, professora de educação física.

'Sou o responsável'
Luiz Felipe Scolari chamou para si a responsabilidade pela derrota histórica. "Quem é o responsável pelas escolhas? Sou eu. A responsabilidade pelo resultado catastrófico é minha. Eu fui o responsável", disse em entrevista coletiva após o jogo.

Felipão admite que o time se perdeu completamente após sofrer o primeiro gol, logo no início da partida. "Posso dizer que deu uma pane depois do primeiro gol. E com a qualidade dessa equipe [da Alemanha], eles aproveitaram de uma forma que não tivemos condições de reagir. Peço desculpas pelo resultado negativo, porque não conseguimos chegar na final. Vamos continuar trabalhando e honrando a nossa equipe, jogando pelo terceiro lugar. E quero agradecer a todos de forma categórica, que mesmo perdendo de cinco a torcida seguiu apoiado o time", afirmou o técnico.

David Luiz: 'Desculpa'
Em entrevista no final da partida, o capitão David Luiz disse que "só queria dar uma alegria para o povo". "Infelizmente não conseguimos. Desculpa todo mundo, desculpa todos os brasileiros. Só queria ver o meu povo sorrindo."

 

Siga-nos

Mais do Guiame