Atestado fala sobre 'tonteiras' e pede cuidados especiais a Jefferson

Atestado fala sobre 'tonteiras' e pede cuidados especiais a Jefferson

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 09:03
roberto_jefferson
Após se entregar à Polícia Federal na tarde desta segunda-feira, pouco depois de ser expedido o mandado de prisão, Roberto Jefferson, delator do esquema do mensalão, apresentou um atestado médico em que consta um problema com “tonteiras” e pede cuidados específicos para infecções urinárias recentes. Ele encontra-se detido no Instituto Penal Coronel PM Francisco Spargoli Rocha, em Niterói, na Região Metropolitana do Rio.
 
“Atesto para os devidos fins que se fizerem que Roberto Jefferson Monteiro Francisco, meu cliente, apresenta disfunção miccional, infecção urinária recente e síndrome vertiginosa idiopática - TONTEIRAS -, que obriga ao uso de Dramin B6 e medicações para profilaxias de infecções urinárias”, afirma o documento, assinado pelo médico urologista Ivson Ribas de Oliveira.
 
Nesta segunda-feira, Roberto Jefferson foi ao Instituto Médico-Legal (IML) fazer exame de corpo de delito, e depois seguiu para o presídio Ary Franco, em Água Santa, para dar entrada no sistema prisional fluminense. De lá, foi para a UPA de Gericinó, em Bangu, para uma avaliação médica. Às 20h, seguiu para Niterói, já com a roupa verde dos detentos. Cortou o cabelo e teve alimentação elaborada por um nutricionista, também seguindo orientação médica.
 
O ex-deputado foi condenado a sete anos e 14 dias por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, e nunca negou ter recebido R$ 4,5 milhões quando era da base de apoio do governo Lula no Congresso. Desde sexta-feira, quando Joaquim Barbosa, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), decretou a prisão do ex-deputado, um carro da Polícia Federal estava de plantão em frente à casa dele em Levy Gasparian, no interior do Estado do Rio.
 
Siga-nos

Mais do Guiame