MENU

Assalto deixa duas pessoas mortas na Zona Leste de São Paulo

Assalto deixa duas pessoas mortas na Zona Leste de São Paulo

fonte: Globo.com

Atualizado: Segunda-feira, 5 Maio de 2014 as 8:11

assalto com morte na ZOna LesteUma assalto a uma loja de artigos infantis no centro de Itaquera, Zona Leste de São Paulo, neste domingo (4), terminou com um policial militar e um criminoso mortos, além de outro PM, um segundo assaltante e um pedestre feridos. O caso foi registrado no 24º Distrito Policial.

Segundo informações do boletim de ocorrência da Polícia Civil, dois homens invadiram o estabelecimento por volta das 14h e renderam um funcionário e o policial militar Auzenilson Lopes de Lima, de 39 anos, que estava de folga e conversava com o trabalhador no local. Eles foram levados para os fundos da loja.

Enquanto revistavam a dupla, o PM teria tentado reagir, mas foi jogado ao chão por um dos homens e executado com um tiro na cabeça. A dupla saiu da loja, mas outro policial que passava pelo local de carro abordou os suspeitos na área externa do estabelecimento, que fica na Rua Padre Veiga de Menezes, e iniciou uma troca de tiros.

Um pedestre que passava nas proximidades foi atingido no braço e o PM levou tiros no braço e no ombro. Ambos não correm risco de morrer. O homem atingido na rua foi levado ao Hospital Santa Marcelina e o PM ao Hospital São Cristóvão. No veículo conduzido pelo policial estavam a esposa e o filho dele. Eles não foram atingidos, apesar do automóvel apresentar duas perfurações, segundo consta no boletim de ocorrência.

Os assaltantes conseguiram fugir e cada um tomou uma direção diferente. Um deles abordou um motociclista em um estacionamento próximo, mas a vítima conseguiu fugir. Foi então que ele pulou um muro de cerca de três metros e caiu em um imóvel usado pela faculdade Camilo Castelo Branco para dar atendimento jurídico aos moradores da região.

Os guardas da instituição chegaram até o suspeito que já estava sem vida. Ele tinha um ferimento de tiro no tórax. O segundo suspeito foi abordado a cerca de 200 metros do local do crime com a arma do policial morto dentro da loja. Ele foi encaminhado ao Hospital Santa Marcelina, onde teria passado por cirurgia, já que também apresentava um ferimento no tórax.

O PM morto dentro do estabelecimento era soldado da Força Tática do 2º Batalhão da Polícia Militar.

veja também