MENU

Cantareira fica estável, e nível de quatro sistemas sobe na Grande SP

Alto Cotia, Rio Claro, Rio Grande e Guarapiranga tiveram alta nesta quinta. Chuva no Cantareira em fevereiro já é 27,5% do esperado para o mês.

fonte: globo.com

Atualizado: Quinta-feira, 5 Fevereiro de 2015 as 11:15

represa de jaguari
represa de jaguari

Após subir por dois dias, o nível do Sistema Cantareira ficou estável nesta quinta-feira (5), segundo a Sabesp. O conjunto de represas responsável por abastecer 6,2 milhões de pessoas na Grande São Paulo opera com 5,2% da capacidade.  

A chuva tem ajudado o sistema a evitar quedas desde terça-feira (3). A precipitação registrada no sistema em fevereiro chega a 54,8 mm, o equivalente a 27,5% do total esperado para o mês.

Segundo a Sabesp, chove na região das represas todos os dias desde 31 de janeiro.

Outros quatro sistemas que abastecem a Grande São Paulo aumentaram o nível de armazanamento de água nesta quarta: Alto Cotia, Rio Claro, Rio Grande e Guarapiranga. O Alto Tietê, que opera com 11% e é considerado outro foco de preocupação na crise hídrica, manteve seu nível nesta quinta.

Confira o níveis dos sistemas que atendem a Grande São Paulo:

Cantareira: manteve-se em 5,2%;
Alto Tietê: manteve-se em 11%;
Guarapiranga: subiu de 47,9% para 48,1%;
Alto Cotia: subiu de 28,4% para 29,1%;
Rio Grande: subiu de 74,8% para 75,1%;
Rio Claro: subiu de 29,8% para 30%.

 

veja também