MENU

Chuva se deslocou para o mar e para a serra, explica Prefeitura do Rio

Dados da semana mostravam chuva forte no centro-sul do estado. Prefeitura agradece à população que deixou ruas mais vazias à noite.

fonte: globo.com

Atualizado: Sexta-feira, 6 Fevereiro de 2015 as 9:07

temporal não chega
temporal não chega

A chuva forte esperada para a quinta-feira (5) para a Região Metropolitana do Rio acabou desviada parte para o mar e outro núcleo foi para Região Serrana — a cidade voltou ao estágio de normalidade às 5h30 desta sexta (6). O meteorologista-chefe do Alerta Rio Pedro Jourdan, explicou que desde o início da semana estava prevista a possiblidade de chuva forte para a região centro-sul do Rio e que seria uma irresponsabilidade das autoridades omitir essa informação. Ele destaca que houve pancadas de chuva forte na Zona Oeste da cidade. 

“As primeiras pancadas de chuva ocorreram no final da tarde e início da noite de quinta-feira e com outras pancadas bem isoladas durante a noite. Na madrugada as condições meteorológicas ficaram mais estáveis e retornou à normalidade por volta das 5h30 desta sexta”, detalhou Jourdan, destacando que as diversas atualizações do sistema ao longo do dia, indicava um cenário crítico com potencial de chuva forte sobre o estado.

O chefe-executivo do Centro de Operações Rio Pedro Junqueira explicou além do Alerta Rio outras fontes consultadas mostravam condições críticas de chuva no Rio e que com as pancadas de chuva forte durante a semana, a prefeitura trabalhou com a mobilização baseada nessas previsões. Ele agradeceu à população que respeitou o alerta e por volta das 19h, quando tem caído a chuva. E que deixou as ruas da cidade menos agitadas.

“Nossa capacidade de resposta passa pela prevenção, pelo monitoramento com previsão do tempo, radares e pluviômetros, e passa pela mobilização e pelo apoio da população. Numa próxima ocasião em que haja uma condição dessa natureza, precisaremos nos comportar de forma parecida e deixar a cidade preparada para o que possa acontecer”, afirmou Junqueira.

O alerta permaneceu até o fim da madrugada, segundo Junqueira, devido à grande instabilidade e outras variáveis que poderiam levar à chuva forte e manteve o protocolo até que as condições estivessem mais tranquilas.

“Na manhã desta sexta ainda há previsão de chuva moderada para o final da tarde ou à noite. Vamos acompanhar e caso ocorra uma mudança de cenário, daremos o alerta”, disse o chefe do Centro de Operações.

Memes ironizam previsão de temporal
A forte chuva que foi prevista por meteorologistas para cair na tarde desta quinta-feira deixou muitos cariocas em alerta. A ausência de um grande temporal até as 20h, no entanto, inspirou os internautas que, desde a manhã, encheram as redes sociais de memes relacionados aos transtornos que seriam causados pela chuva.

No Facebook, pelo menos dois eventos foram criados. O "Ciclone In Rio" e o "Chuva no Rio #VemGente". Na internet, também circulam fotos com a modelo Nana Gouveia posando perto de pessoas que, em outras situações, se refugiaram da chuva.

No Twitter, o personagem fictício Dilma Bolada, uma sátira da presidente, disse que decidiu mandar a chuva para Brasília. "Mandei desviar o ciclone do Rio de Janeiro para o Congresso Nacional. A cidade maravilhosa não merece uma coisa dessas!". Na mesma rede social, internautas fazem diversas ironias como: "O governador Pezão acabou de anunciar que a chuva no Rio foi cancelada por questões de falta de água".

veja também