MENU

Durante assalto a banco, refém esconde R$ 26 mil em capacete

fonte: Globo.com

Atualizado: Terça-feira, 2 Setembro de 2014 as 11:58

Um dos clientes que foram vítimas de um assalto a um banco na cidade de Apuí, município distante 453 Km de Manaus, conseguiu esconder R$ 26 mil em um capacete, impedindo que os suspeitos levassem a quantia. A informação é da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) do município, que está ouvindo os reféns e investigando o paradeiro da quadrilha. Segundo a polícia, o dono do dinheiro já foi identificado e recebeu o valor integralmente.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, os seis homens encapuzados armados com fuzis levaram ao todo R$ 300 mil, após invadirem uma agência por volta das 13h desta segunda-feira (1º). Na ação, o grupo rendeu clientes e funcionários do banco, e fugiu em duas caminhonetes, uma de modelo S10, usada na ação criminosa pelos assaltantes e um outra modelo Saveiro, cor prata, tomada de um funcionário do banco.

Durante a fuga do local, os homens efetuaram vários disparos contra a polícia, três pessoas foram baleadas e seis que estavam no banco foram levadas como reféns, entre elas, duas mulheres, dois seguranças do banco e mais dois funcionários, libertados na rodovia Transamazônica, no sentido de Humaitá, conforme informações da polícia.
Para dificultar a aproximação dos policiais, durante a fuga o grupo incendiou a ponte sobre o rio Juma, localizada fora do perímetro urbano de Apuí. A poucos metros de lá, também incendiaram a caminhonete S10.

O Departamento de Polícia do Interior (DPI), informou que está sendo realizado um cerco nos municípios de Humaitá, Manicoré e Santo Antônio de Matupi (Distrito de Manicoré) como estratégia para efetuar a captura dos assaltantes.

A polícia pede para quem puder ajudar com informações dos seis assaltantes ligar para o Disque Denúncia da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), 181. A Polícia Civil assegura total sigilo da identidade dos informantes.

veja também