MENU

Em São Paulo, motoristas e cobradores de ônibus entram em greve

Em São Paulo, motoristas e cobradores de ônibus entram em greve

Atualizado: Sexta-feira, 21 Fevereiro de 2014 as 6

greve_onibus
Motoristas e cobradores de ônibus da Viação Sambaíba, que atende a Zona Norte de São Paulo, entraram em greve nesta sexta-feira (20) para pedir o pagamento de horas extras e melhores condições de trabalho. A informação é do Bom Dia São Paulo.
 
Com a paralisação, 448 ônibus da viação estão deixando de circular nesta manhã de sexta. Até as 6h20, os veículos continuavam parados na garagem da empresa, na Rua João Simão de Castro, ao lado da Rodovia Fernão Dias, no Parque Edu Chaves. A Sambaíba tem quatro garagens.
 
A São Paulo Transportes (SPTrans) informou que acionou o Plano de Apoio entre Empresas de Transportes em Situação de Emergência (Paese) desde as 4h40 para atender as 30 principais linhas da região. Duzentos e vinte e três ônibus foram colocados à disposição dos passageiros.
 
“Técnicos da SPTrans estão acompanhando e monitorando a operação na região”, informa nota do órgão municipal.
Alguns passageiros reclamaram da greve. Disseram que sem ônibus não conseguirão chegar ao trabalho e terão de voltar para casa.
 
MPL
Na quinta-feira (20) à tarde representantes do Movimento Passe Livre (MPL) e o secretário Municipal de Transportes, Jilmar Tatto, se reuniram na frente da Prefeitura de São Paulo para discutir mudanças recentes nas linhas de ônibus.
Os moradores reclamaram do corte de algumas linhas de ônibus. O secretário disse que iria reavaliar as mudanças e, no fim do encontro, recebeu uma catraca de presente dos manifestantes. Seria uma crítica a forma como a secretaria lida com os donos das empresas de ônibus. Jilmar tatto não levou o presente embora. Disse que era muito pesado.
 

veja também