MENU

Em São Paulo, mulher atingida por cotovelada segue sem previsão de alta

Mulher atingida por cotovelada segue sem previsão de alta

fonte: Terra.com

Atualizado: Segunda-feira, 1 Setembro de 2014 as 1:55

mulher que levou cotoveladaA auxiliar de produção Fernanda Regina César, atingida por uma cotovelada na saída de uma balada há mais de uma semana continua internada sem previsão de alta, segundo a Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo.  De acordo com a pasta, ela está internada, consciente, na enfermaria neurológica do Hospital Regional de Sorocaba.  O estado de saúde de Fernanda é estável.

A agressão ocorreu na madrugada do dia 16 de agosto, após um baile em São Roque, no interior de São Paulo. Câmeras de segurança flagraram o momento em que a mulher é atingida por uma cotovelada desferida pelo comerciante Anderson Tingo Oliveira, de 34 anos. Após o golpe, testemunhas chamaram o serviço de resgate.

O agressor ficou ao lado de Fernanda o tempo todo, como se não tivesse nenhum envolvimento. Anderson foi detido e indiciado por tentativa de homicídio.

 

veja também