MENU

Funcionário dos Correios iniciam paralisação de 24 horas

Funcionário dos Correios iniciam paralisação de 24 horas

fonte: Globo.com

Atualizado: Quarta-feira, 25 Junho de 2014 as 8:11

correiosOs funcionários dos Correios da Grande São Paulo aprovaram em assembleia, na noite desta terça-feira (24), paralisação de 24 horas. Segundo nota publicada no site do Sindicato dos Trabalhadores da Empresa Brasileira de Correios Telégrafos e Similares de São Paulo (Sintect-SP), a paralisação começou às 22h e vai terminar à meia-noite de quarta (25).
As principais reivindicações da categoria são o aumento na escolta para entregadores, realização de concurso público para suprir a necessidade de funcionários afastados, aumento também no número de carteiros e o pagamento da PLR, a participação nos lucros da empresa, que está atrasado.

“Normalmente eles pagam em abril. Mas até agora não falaram nada, quando vai pagar, quanto vai pagar. Já estamos quase em julho e ainda não sabemos”, disse antes da assembleia realizada á noite, Douglas Mello, diretor de imprensa do sindicato.

De acordo com o Sintect-SP, a região conta com mais de 22 mil funcionários.

Em nota, os Correios consideraram a paralisação injustificada e afirmaram estar em constante conversa com os funcionários. Segundo a empresa, medidas de segurança já foram implantadas como escoltas armadas e o uso de chips nos veículos. A questão PLR também já teria sido debatida com o s sindicatos.
“O pagamento da PLR foi debatido em quatro encontros com os sindicatos e os Correios acataram a maior parte das reivindicações dos trabalhadores. Em assembleia, 15 sindicatos aprovaram a proposta 2013 e três reprovaram. Os Correios também buscaram negociar o programa inclusive com a mediação do Ministério Público do Trabalho (MPT)”, diz a nota.

Manifestação
Além da paralisação, a categoria convocou manifestação e passeata para a manhã desta quarta na região central, a partir da Rua Martins Fontes.

Leia a nota do Sintect-SP

Categoria aprova paralisação que começou a partir das 22h de hoje, 24/06/2014
Em mais uma demonstração de democracia, ampla maioria dos trabalhadores vota a favor da paralisação de 24 horas desde as 22:00 de hoje, 24/06/2014, até a 00:00 de amanhã, dia 25/06. Ressaltamos que esta paralisação se fez necessária, pois mesmo após diversas tentativas de negociação junto à empresa, inclusive com a mediação do SRTE, a ECT não demonstrou compromisso com as nossas reivindicações, e esta paralisação servirá para dar aos intransigentes diretores da empresa uma amostra de nossa força de mobilização, e do que virá pela frente nas negociações da campanha salarial deste ano. Lembramos a todos os trabalhadores que amanhã, dia 25/06/2014 será realizada uma passeata em protesto contra a ECT a partir das 09:00. A concentração acontecerá na Rua Martins Fontes, nº 109 em frente ao prédio do SRTE, no centro de SP, e sairemos em passeata até a Praça do Correio, onde fica a AC Central no Vale do Anhangabaú. É importante ressaltar que todos devem ir uniformizados para a passeata, evitando confusões por parte de grupos mal intencionados e respaldando nossa categoria perante as autoridades.
Nossas principais reivindicações:
PLR digna;
Medidas contra os assaltos;
Cancelamento de SD nas unidades;
Cancelamento das SIDs aplicadas por ter trazido resto;
Pelo fim do GR, dobras e excesso de horas extras.

veja também