MENU

Jovem agredido em shopping da PB teve hemorragia cerebral, segundo mãe

Mulher diz que filho foi vítima de uma tentativa de assalto. Versão da polícia é de que ele começou a briga.

fonte: G1

Atualizado: Quarta-feira, 9 Julho de 2014 as 10:47

Jovem agredido em shopping da PB teve hemorragia cerebral, segundo mãeO jovem de 18 anos que foi espancado no Manaíra Shopping, em João Pessoa, durante o jogo em que o Brasil perdeu por 7 a 1 para a Alemanha pela semifinal da Copa do Mundo, teve hemorragia cerebral, segundo informou a mãe dele. O Hospital de Emergência e Trauma divulgou que o estado de saúde dele é regular e que ele está sob observação da neurologia, mas não confirmou a hemorragia porque, segundo a assessoria, apenas a família tem acesso a esse tipo de informação.

“O amigo dele disse que foi muito chute na cabeça, pisada. Ele quebrou quatro dentes, o rosto está todo machucado. Tem uma marca de pisada de pé na testa e a pancada foi toda na cabeça. É tanto que a tomografia acusou que ele teve hemorragia. Aí ele tem que ficar em observação”, explicou a mãe.

Segundo ela, o rapaz foi vítima de uma tentativa de assalto. “Ele estava assistindo ao jogo no shopping com uns amigos dele. Ele falou com um amigo que ia no banheiro. Saindo do banheiro, ele encontrou uma turma que quis levar o relógio dele. O amigo viu e foi ajudar ele. Aí veio uma turma e começou a espancar ele. Bateu muito nele, na cabeça”, relatou.

A versão da Polícia Militar, no entanto, é diferente da contada pela mãe do rapaz. “Duas pessoas subiram rapidamente a escada que fica ao lado da escada rolante e ficaram esperando umas pessoas subirem. Quando essas pessoas subiram, esses dois rapazes começaram a agredir as pessoas, inclusive mulheres foram agredidas. Nessa confusão toda, os outros reagiram e a pessoa que iniciou a briga foi a que foi mais agredida. Ele recebeu um soco, veio ao chão e foi bastante agredido”, disse o capitão Alyson Moura, da Polícia Militar.

De acordo com o capitão, seis pessoas foram encaminhados para a delegacia, entre adultos e adolescentes. Os que têm mais de 18 anos prestaram depoimento e os adolescentes foram encaminhados para a Delegacia da Infância e da Juventude.

Nas redes sociais, houve relatos sobre tiros e facadas no shopping, mas as possibilidades foram descartadas. “O que havia sido passado para a gente foi que houve uma facada, só que quando a gente chegou, a gente não encontrou essa vítima. A vítima que nós socorremos foi uma que foi espancada”, garantiu a tenente Alana, do Corpo de Bombeiros.

A assessoria de comunicação do Manaíra Shopping também negou a informação de que houve feridos ou baleados. Segundo a assessoria, aconteceram brigas e confusão devido ao resultado do jogo, mas os problemas teriam sido resolvidos com a chegada da polícia e a presença dos seguranças privados.

Com a confusão, os clientes do shopping entraram em pânico. “Eu estava assistindo o jogo, estava todo mundo lá em cima, bem tranquilo. Aí de repente a gente viu uma multidão inteira correndo. As mulheres caindo no chão, o pessoal passando por cima, pisando mesmo. Aquele desespero, todo mundo gritando, perguntando o que aconteceu”, relatou a estudante Amanda Queiroz.

No momento da confusão, as lojas estavam fechadas por causa do jogo. Elas iriam reabrir meia hora depois do término da partida, mas alguns lojistas preferiram dispensar os funcionários. Pelo menos três pessoas ficaram feridas, conforme informou o Corpo de Bombeiros. Outros dois homens foram presos tentando roubar um carro em frente ao shopping.

veja também