MENU

Jovem vítima de racismo diz que chorou ao ler comentários em foto no Facebook

fonte: EXTRA

Atualizado: Quinta-feira, 28 Agosto de 2014 as 10:04

A jovem vítima de racismo no Facebook após postar uma foto em que aparecia abraçada ao namorado disse que chorou ao ler os comentários ofensivos. Em entrevista ao “Estado de Minas”, ela, que tem 20 anos, contou que essa foi a primeira vez em que foi vítima de preconceito. Mas garantiu que o casal - que está junto já um ano e oito meses - não foi abalado e está mais firme que nunca, planejando até se casar.

- Fiquei triste, chorei. Mas ele foi me dando força, dizendo que eu não deveria ligar para isso. O que aconteceu não nos abalou. Gostamos tanto um do outro quanto antes - disse.

Já o namorado, de 18 anos, contou que foi ele quem viu primeiro os comentários ofensivos. O jovem contou que não esperava por esse tipo de atitude e garantiu que admira a coragem da namora em levar o caso à polícia:

- A atitude dela serve de exemplo para quem sofrer no futuro esse tipo de preconceito.

A foto foi postada na semana passada, pela jovem, em seu perfil no Facebook, e ela logo começou a receber comentários preconceituosos, como um em que dizia que ela havia “roubado um branco para fazer a foto”. Outro dirigia-se ao namorado, perguntando: “Onde comprou essa escrava?”.

O casal mora no município de Muriaé, na Zona da Mata de Minas Gerais. Um inquérito foi instaurado na 31ª DP, responsável pela região, para apurar o crime de injúria racial. Ao EXTRA, a Polícia Civil informou que a jovem prestou depoimento nesta quarta-feira. Ela contou não conhecer as pessoas que fizeram os comentários preconceituosos. O namorado será ouvido nesta quinta.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, os comentários foram feitos por pessoas de vários estados brasileiros. Em razão disso, a 31ª DP precisará do apoio da Delegacia de Crimes Cibernéticos na investigação. A pena por injúria racial - até 140 do Código Penal - é de reclusão de um a três anos e pagamento de multa.

Perfil tirado do ar

O perfil da jovem foi tirado do ar, mas a foto já foi compartilhada por outros perfis. Num deles, chamado “Pretinho do Poder”, o post com o caso foi acompanhado da frase: “Que ridículo esses comentários. Cadê a justiça nesse #Brasil? Bando de Racistas”. Quase 150 mil pessoas curtiram a postagem, que já foi compartilhada mais de 19 mil vezes.

A maioria dos comentários condena o preconceito sofrido pela jovem. “Eu passei por isso a minha vida toda desde a primeira namorada! Sou alvo de constantes piadas e apelidinhos do tipo: capitão do mato, rei da senzala, caçador de macacas... Eu simplesmente ignoro e tenho pena dessas pessoas de mente pequena”, diz um deles.

veja também