MENU

Limites de velocidade nas marginais serão reduzidos em 2015

Segundo a CET, medida será implementada já no primeiro semestre do ano que vem como forma de coibir acidentes e mortes; máximo nas pistas expressas cairá de 90 km/h para 70km/h; nas locais, irá de 70hm/h a 60km/h

fonte: terra.com.br

Atualizado: Terça-feira, 9 Dezembro de 2014 as 9:14

Os limites de velocidade nas marginais Pinheiros e Tietê serão reduzidos na cidade de São Paulo no primeiro semestre do ano que vem. A informação foi confirmada nesta segunda-feira pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) após o prefeito Fernando Haddad (PT) se afirmar favorável à redução.

transitoEm entrevista coletiva, Haddad dissera que um estudo técnico da companhia já havia recebido aval dele e do secretário municipal de Transportes, Jilmar Tatto, pela redução – hoje, os limites estão em 90 km/h na pista expressa das duas marginais, e em 70 km/h nas pistas locais. A medida, de acordo com o prefeito, visa a reduzir a quantidade de acidentes registrados nas duas vias, consideradas duas das principais da capital.

“O secretário me confirmou que levou esse pleito aos técnicos em função dos acidentes, sobretudo de madrugada. Tem muito acidente nesse horário, e eles entendem que é em função da velocidade”, disse o prefeito. “Perde-se um pouco de velocidade à noite, mas poupam-se muitas vidas”, resumiu.

De acordo com a assessoria de imprensa da CET, a redução nas marginais colocará o limite de 70 km/h às pistas expressas das marginais, e de 60 km/h às locais. Outras ruas e avenidas da cidade terão a velocidade máxima regulamentada reduzida, ainda conforme a companhia, como parte do projeto inserido no Programa de Proteção à Vida iniciado este ano pelo órgão.

“Vale ressaltar que a padronização de velocidade é um projeto contínuo que vem sendo desenvolvido ao longo de 2014 na cidade”, diz nota da assessoria, que salientou, ainda, que me vias onde a velocidade é de 60km/h, a velocidade será regulamentada em 50 km/h. “Este projeto está sendo intensificado com o objetivo de aumentar a segurança de pedestres. Há indicativos de que o número de mortes por atropelamento está aumentando, mas estes números ainda estão sendo consolidados”, concluiu a assessoria da CET.

Motociclistas são os que mais morrem

A companhia explicou que os dados de acidentes e vítimas no trânsito paulistano em 2014 só serão disponibilizados em relatório a ser divulgado ano que vem.

Pelas estatísticas de 2013, a marginal Tietê teve registrados 39 mortos em acidentes, contra 49 em 2012; a marginal Pinheiros teve ano passado 24 mortos, mesmo número de 2012. A maioria das mortes é de motociclistas: 21 na Tietê e 11 na Pinheiros, em 2013, seguida pelas ocorrências com pedestres: no mesmo ano, dez morreram na Tietê, e oito, na Pinheiros.

Em número de acidentes, foram 24 na marginal Pinheiros tanto em 2013 quanto em 2012, e 35 na Tietê, em 2013, contra 48 no ano anterior.

veja também