MENU

Lote de extrato de tomate é interditado pela Anvisa por conter pelo de roedor

Agência inderditou também um lote de suspiro que apresentou fragmentos de vidro

fonte: O GLOBO

Atualizado: Sexta-feira, 19 Setembro de 2014 as 1:50

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou no Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira a interdição cautelar de um lote do extrato de tomate Elefante da marca Knorr. Segundo a agência, o lote, válido até 21 de maio de 2015, teve resultados insatisfatórios nos testes de rotulagem e de matéria estranha macroscópica e microscópica.

Na análise de matérias estranhas, foi constatada a presença de fragmentos de pelo de roedor em quantidade superior ao limite de tolerância estabelecido na RDC 14/2014 da Anvisa (1 em 100 g) que determina o máximo de matérias estranhas tolerado em cada grupo de alimentos.

Procurada, a Cargill Agrícola S.A., responsável pela produção do extrato de tomate Elefante ainda não se manifestou a respeito.

DOCE COM VIDRO

Outro produto que apresentou problemas tanto na análise rotulagem quanto na de matéria estranha macroscópica e microscópica e teve um lote interditado foi o Suspiro Duplo da marca Doces Arapongas Prodasa. Fabricado pela Produtos Alimentícios Arapongas S.A., o lote L04501 continha fragmentos de vidro.

Procurada, a empresa aprensetou cópia de um termo da Vigilância Sanitária de Arapongas datado de 14 de agosto que, segundo a Prodasa, foi emitido após vistoria na fábrica. No texto, o técnico responsável pela vistoria afirma que não foi encontrado indício de fator "pudesse ocasionar o problema citado" (presença de vidro) no alimento.

Porém, o texto pedia que o responsável pela produção fizesse um relatório da quantidade produzida do lote "bem como mapeamento da distribuição", já que a empresa não tinha exemplar do lote disponível para análise. A Prodasa disse ainda que retirou, preventivamente, o lote do mercado para averiguação.

As duas interdições vigoram pelo prazo de 90 dias a partir da data de publicação.

 

veja também