MENU

Ministério Público denuncia responsável por atear fogo na casa de gremista

fonte: Terra.com

Atualizado: Quarta-feira, 1 Outubro de 2014 as 2:23

Ministério Público ofereceu denúncia a Elton Grais, que confessou ser o responsável por incendiar a casa de Patrícia Moreira, torcedora do Grêmio autora de insultos racistas ao goleiro Aranha, do Santos. De acordo com o MP, ele terá de responder processo que foi encaminhado pela 1a. Vara Criminal do Foro do Alto Petrópolis, em Porto Alegre.

Caso seja condenado, a pena a Elton Grais pode variar de três a seis anos de reclusão. Porém, o Ministério Público não descarta aumentar a punição em um terço, pois o atentado aconteceu em uma residência.

De acordo com o titular da 14a. Delegacia de Polícia da Capital, Tiago Baldin, Elton Grais tinha antecedentes criminais e provocou o incêndio pouco depois de receber liberdade condicional. O rapaz se disse "enojado" com a injúria racial de Patrícia Moreira com o goleiro Aranha.

"Ele disse que tinha bebido, passou na frente da cada dela (Patrícia) e viu a oportunidade. Pegou o isqueiro e colocou fogo nos entulhos que tinham embaixo da casa", revelou Baldin, ao Zero Hora.

Patrícia Moreira e outros três torcedores gremistas serão processados pelas ofensas ao camisa 1 santista pelos insultos ocorridos na Arena.

 

veja também