MENU

Motorista dirigia carreta em chamas para evitar incêndio

Motorista dirigia carreta em chamas para evitar incêndio

Atualizado: Quarta-feira, 26 Março de 2014 as 6

caminhao_em_chamas
O motorista Simael Ferreira, de 52 anos, sofreu queimaduras de segundo grau nas pernas, nos braços e em parte do rosto em um incêndio em uma empresa de aviação agrícola de Rio Verde, no sudoeste goiano, na terça-feira (25). Segundo testemunhas, ao ver que o caminhão pegava fogo, o homem dirigiu o veículo por cerca de 300 metros para evitar que as chamas se alastrassem pelo galpão.
 
Internado na Unidade de Pronto Atendimento de Rio Verde, o estado de saúde de Simael é regular. O hospital informou que ele não corre risco de morrer e deve ser transferido para o Hospital de Queimaduras de Goiânia.
 
De acordo com o Corpo de Bombeiros, o incêndio começou quando o caminhão tanque, que transportava etanol, era descarregado. Apesar de o motorista retirar o veículo do local e deixá-lo em uma estrada vicinal, as chamas ainda atingiram o galpão da empresa usado para estocar combustível.
 
“O tanque tem uma capacidade de 15 mil litros de combustível álcool e ele ficou totalmente em chamas. A nossa equipe teve um trabalho de quatro horas para debelar o incêndio”, explicou o subtenente do Corpo de Bombeiros Mard Porfírio.
 
O funcionário de uma granja vizinha conta que conseguiu ver as chamas a quilômetros do local. “Nós ouvimos a explosão. Daí meu filho olhou pra cá e disse que estava pegando fogo. Vimos o fogo no caminhão e no galpão. O fogo estava muito alto mesmo”, informou.
 
A  empresa não se pronunciou sobre o ocorrido até a publicação desta reportagem.
 

veja também