MENU

Motoristas sofreram 10,6 milhões de multas de trânsito em 2014 em SP

Número é 4,5% maior do que o registrado em 2013. Excesso de velocidade continua sendo o principal motivo das infrações.

fonte: globo.com

Atualizado: Sexta-feira, 16 Janeiro de 2015 as 8:54

multas de trânsito
multas de trânsito

O número de multas de trânsito cresceu 4,5% em São Paulo em 2014 e chegou a 10,6 milhões, segundo balanço divulgado pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). Trata-se de um novo recorde para a cidade – em 2013, tinham sido 10,1 milhões de infrações. (Veja abaixo os motivos que geraram mais multas em 2014)

O aumento ocorreu apesar de a Prefeitura deixar de multar por falta de inspeção veicular, já que o programa foi suspenso em fevereiro de 2014. Caso esse quesito fosse excluído da comparação, o aumento total de multas na cidade no último ano teria sido de 7%.

A Secretaria Municipal de Transportes disse que ainda não tem dados referentes à arrecadação em 2014 e que, por isso, não pode divulgá-los.

As multas por excesso de velocidade continuaram sendo as campeãs em São Paulo. Foram 3,1 milhões, praticamente o mesmo número registrado em 2013.

O aumento mais expressivo em 2014 foi em relação às multas para quem transitou em faixas exclusivas e corredores de ônibus. Nesse quesito, a cidade teve 1,2 milhão de infrações, 69,5% a mais do que as 713,5 mil multas de 2013.

O aumento está ligado à ampliação das faixas exclusivas, aquelas localizadas à direita e que privilegiam os ônibus, permitindo o tráfego de carros apenas para o acesso a outras ruas. Segundo a SPTrans, a cidade tem hoje 459,7 km de faixas exclusivas, das quais 369,7 km foram implantadas nos últimos dois anos. A criação das faixas é uma das principais apostas da gestão de Fernando Haddad (PT) para a melhoria da mobilidade na capital.

Outro tipo de serviço que ganhou destaque foi a criação de ciclovias e ciclofaixas. Isso acompanhou o número de multas. De janeiro a dezembro de 2014, foram aplicadas 24.981 autuações que dizem respeito à proteção ao ciclista. No mesmo período de 2013, tinham sido 14.973 multas.

Radares
Segundo a CET, os registros de multas não sofreram influência da mudança no sistema de radares que a Prefeitura de São Paulo vem implementando. O número de radares em 2014 se manteve praticamente igual ao de 2013 – há em média 560 equipamentos na capital.

Em março do ano passado, a prefeitura contratou o novo sistema de radares da cidade, que prevê um aumento no total de aparelhos para 843. A instalação já começou, mas só deve ser concluída neste ano.

Os números de multas divulgados pela CET consideram as infrações anotadas pela companhia e também por policiais do Comando de Policiamento de Trânsito, São Paulo (CPTRAN) e agentes da SPTrans, que atuam em fiscalização de faixas e corredores de ônibus.

Frota
O crescimento de 4,5% nas multas é proporcional ao aumento da frota da capital em 2014, que foi de 4%. Em dezembro do último ano, a capital já tinha 7,8 milhões de veículos, segundo o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-SP).

veja também