MENU

No Rio, ataque à policiais fere 4 em ônibus

No Rio, ataque à policiais fere 4 em ônibus

Atualizado: Quinta-feira, 27 Fevereiro de 2014 as 6

policiais
Seis pessoas, sendo dois policiais militares, ficaram feridas durante um ataque de bandidos a um carro da PM na Rodovia Washington Luiz, na altura do Parque das Missões, em Duque de Caxias, Baixada Fluminense, no final da noite de quarta-feira. Dois policiais seguiam no veículo do 5º BPM (Praça Harmonia) pela via, que estava engarrafada, quando ligaram o giroscópio para abrir caminho. Nesse momento, três bandidos fortemente armados, que estavam num Jetta branco, fizeram vários disparos. Os PMs foram baleados, além de quatro pessoas que estavam em dois ônibus. As vítimas não tiveram os seus nomes divulgados. Os bandidos conseguiram fugir.
 
Mesmo baleado no braço, o subtenente conseguiu levar o carro até o Hospital Municipal Moacyr Rodrigues do Carmo. No carona, o outro PM, um cabo, ficou desacordado ao ser atingido por três tiros no rosto, sendo um de raspão. De acordo com o ortopedista de plantão da unidade, Carlos Eduardo Pacheco, os policiais chegaram sangrando muito e pedindo ajuda.
 
- O policial conseguiu vir até o hospital. Entrou correndo pela emergência, pedindo ajuda. Eles foram medicados, mas tiveram que ser transferidos - disse o ortopedista, informando que o policial que dirigia o carro, que não corre risco, foi levado para o Hospital Central da Polícia Militar, no Estácio. Já o que estava no carona, em estado grave, foi transferido para o Hospital Estadual Adão Pereira Nunes, em Saracuruna, Duque de Caxias.
 
Desespero
Ao atirar no carro da PM, os bandidos também acertaram dois ônibus que estavam parados no engarrafamento. No primeiro, da Viação União, que fazia a linha Piabetá-Central, três pessoas foram baleadas, sendo o motorista, o trocador e um passageiro. Pelo menos seis tiros atingiram a frente do coletivo. Com medo, os passageiros se jogaram no chão.
O motorista do outro ônibus, da linha Caxias-Central, da Auto Viação Jurema, também ficou ferido. Porém, apesar do susto, todos foram medicados no Hospital Moacyr Rodrigues do Carmo e liberados no início da madrugada desta quinta-feira.
 
Ação policial
Após o ataque, os três bandidos, que portavam fuzis, abandonaram o carro e fugiram em direção ao Parque das Missões. Segundo o capitão do 15º BPM (Duque de Caxias), Fernando Barbosa, os dois policiais do 5º BPM (Praça Harmonia) foram até o batalhão da cidade da Baixada Fluminense para resolver questões administrativas da unidade. Porém, na volta para o centro do Rio, eles tentaram abrir caminho para pegar um retorno, no momento em que foram atacados. Segundo o oficial, a PM deve fazer operações na região para prender os bandidos.
- Os policiais foram atacados de forma covarde, quando voltavam para o Rio. Eles nem tiveram tempo para reagir - relatou o capitão do 15º BPM.
De acordo com informações da 59ª DP (Duque de Caxias), o Jetta branco não consta como roubado. Por causa disso, os policiais estão investigando se o veículo está registrado no nome de algum traficante da Favela Beira-Mar, em Duque de Caxias.
 

veja também