MENU

Pelo menos 100 famílias ficaram desabrigadas em incêndio

Fogo começou às 21h30 de domingo e foi controlado três horas depois. Cerca de 100 bombeiros foram mobilizados para conter as chamas.

fonte: Globo.com

Atualizado: Segunda-feira, 8 Setembro de 2014 as 8:39

A Defesa Civil estima que cerca de 600 famílias ficaram desalojadas depois do incêndio que atingiu uma favela na Avenida Jornalista Roberto Marinho, esquina com a Rua Cristovão Pereira, no Campo Belo, Zona Sul de São Paulo. Os moradores dizem que o número de famílias que perderam suas casas é maior.

Bombeiros fazem trabalhos de rescaldo no início da manhã desta segunda-feira (8). Moradores dizem que faltou água durante a madrugada devido a um problema em um hidrantes, mas bombeiros negam e relatam ter sido recebido a pauladas.

A Defesa Civil cadastra nesta manhã os moradores para receberem ajuda emergencial. “Estamos providenciado dois centros de convivência para receber mulheres e crianças, inicialmente”, afirmou Milton Roberto, representante da Defesa Civil.
O incêndio começou por volta das 21h30 de domingo (7) e só foi controlado três horas depois. Barracos de madeira facilitaram a proliferação das chamas na área de cerca de 1000 metros quadrados. Cerca de 80% da comunidade foi atingida.
O Corpo de Bombeiros mobilizou 37 equipes, com quase 100 profissionais, para conter o fogo. Ainda não se sabe qual foi a causa do incêndio.

O comandante Mauro Brancalhão, responsável pelas operações dos bombeiros na área da favela, disse que a falta de água nos hidrantes dificultou a ação. Ele afirmou que a Sabesp foi até o local do fogo para tentar solucionar o problema.

Moradores do entorno ficaram assustados com tamanho das chamas. As chamas podiam ser vistas à distância, por moradores de prédios do Brooklin e também por pessoas que passavam em viadutos, como o da Avenida Vereador José Diniz.

Trânsito
Por causa do incêndio, algumas vias no entorno da favela foram interditadas. Nove linhas de ônibus foram desviadas e dois pontos seguiam interditados nesta manhã.
Os motoristas que circulam pela Avenida Jornalista Roberto Marinho e desejam acessar a Avenida Washington Luís, no sentido bairro, devem seguir pela Rua Joaquim Nabuco, virar à direita na Rua Vicente Leporace, voltando ao caminho original. Já os condutores que circulam pela Avenida Washington Luís no sentido Centro podem acessar as ruas Laplace, Vicente Leporace e a Avenida Jornalista Roberto Marinho.

veja também