MENU

Protesto em Madureira, no Rio, fecha rua.

Protesto em Madureira, no Rio, fecha rua.

Atualizado: Segunda-feira, 17 Março de 2014 as 6

Protesto em Madureira, no Rio, fecha rua.

A Avenida Ministro Edgar Romero, em Madureira, Zona Norte do Rio, foi interditada nos dois sentidos na noite deste domingo (16) por volta das 20h45, conforme informou o Centro de Operações da Prefeitura. De acordo com motoristas que passaram no local, dois ônibus foram queimados por moradores do Morro da Congonha, que protestavam contra a morte de uma moradora da comunidade. Bombeiros foram acionados, mas teriam sido ameaçados por moradores e, por isso, não apagaram as chamas até 22h30.

A alternativa para os motoristas que seguem para Cascadura é pegar a Avenida Martin Luther King. Os motoristas que seguem em direção a Irajá são desviados para a Rua Borborema. Agentes de tráfego orientam os motoristas no local.

Baleada em tiroteio
Uma moradora do Morro da Congonha, em Turiaçu, Zona Norte do Rio, morreu após ser baleada na comunidade, informou o comandante do 9º BPM (Rocha Miranda), tenente-coronel Wagner Moretzsohn. A Polícia Militar realizava uma operação de combate ao tráfico no local desde o início da manhã deste domingo (16). De acordo com o comando da 9º BPM, responsável pela área, Cláudia Ferreira da Silva foi encaminhada para o Hospital Carlos Chagas, mas não resistiu aos ferimentos.

Moretzsohn informou ainda que agentes trocavam tiros com um grupo de cerca de 20 criminosos quando Claudia foi atingida. O 9º BPM acrescentou que um suspeito morreu em confronto com policiais durante a ação. Com ele foram apreendidos quatro pistolas, sendo três calibre 9mm e uma calibre 380, dois rádios transmissores e drogas ainda não contabilizadas. O homem, no entanto, não havia sido identificado pela polícia até 14h30 deste domingo.

veja também