MENU

Represa cheia no Cantareira leva a boato sobre atual nível do sistema

Imagens mostram represa em Mairiporã com bom volume d'água. Reservatório recebe volume captado de outras três represas.

fonte: globo.com

Atualizado: Quarta-feira, 28 Janeiro de 2015 as 8:44

represa de Mairiporã
represa de Mairiporã

Um vídeo publicado no YouTube que mostra uma das represas do Cantareira cheia d'água levou à circulação de um boato que questiona os dados da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp). A empresa alerta que as imagens representam apenas uma ponta do sistema, que tem nível de 5,1%.

O vídeo feito por um motorista no dia 22 de janeiro e compartilhado em redes sociais mostra a represa, em Mairiporã, com nível bem próximo às margens. O autor do vídeo questiona: "Para onde será que vai essa água? Tá seco? A represa está cheia!".

Segundo a Sabesp, a represa mostrada no vídeo é a Paiva Castro, a última e a menor do Cantareira. O reservatório tem capacidade de armazenamento de 7 bilhões de litros e fica mais cheia porque recebe o volume captado nos reservatórios Jaguari-Jacareí, Cachoeira e Atibainha, que estão em nível mais alto.

A empresa negou que o sistema esteja com quantidade normal de água e explicou que o volume que chega na Paiva Castro por gravidade é enviado para a Estação Elevatória Santa Inês. Depois segue para tratamento na Estação de Tratamento de Água (ETA) Guaraú. De lá, a água é distribuída para 6,2 milhões de pessoas na Grande São Paulo (veja abaixo).

O Sistema Cantareira tem capacidade total de 1,5 trilhão de litros, considerando os 480 bilhões de litros de volume morto. Na terça-feira, operava com 5,1%, já considerando as duas reservas técnicas.

veja também