MENU

Sabesp divulga mapa de bairros que podem ficar sem água

Segundo o instituto, com a liberação do mapa, “o consumidor deve verificar se está nas regiões críticas e aprofundar as medidas de economia, se programando com antecedência”.

fonte: Terra.com

Atualizado: Terça-feira, 28 Outubro de 2014 as 11:48

A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) enviou na última sexta-feira ao Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), mapas das regiões com nível crítico e onde pode ocorrer falta de água por causa da redução da pressão na rede. O envio ocorre após um pedido do Idec, para o cumprimento o direito à informação, com base no Código de Defesa do Consumidor.

Segundo o instituto, com a liberação do mapa, “o consumidor deve verificar se está nas regiões críticas e aprofundar as medidas de economia, se programando com antecedência”. Para Elici Maria Checchin Bueno, coordenadora-executiva do Idec, essa divulgação da Sabesp trata-se de uma importante vitória. “ No entanto ,o cidadão, fornecedores e consumidores devem atuar no sentido da mudança de atitude e de refletir sobre como criar opções que propiciem o consumo sustentável diante de tal crise”, observa. Para a coordenadora, a população de outras cidades e estados atingidos pela crise devem exigir o mesmo dos órgãos competentes para terem a realidade dos fatos. “ Trata-se de um direito de cidadania” conclui.

Apesar da liberação da Sabesp, as informações ainda são incompletas, segundo o gerente técnico do Idec Carlos Thadeu de Oliveira. “É pouco precisa e compreensível ao cidadão, mas é a primeira vez que a empresa reconhece publicamente que algumas zonas sofrem desabastecimento. O usuário que não estiver nessas áreas do mapa e mesmo assim sofrer com falta d’água, por exemplo, tem mais elementos agora para exigir explicações da Sabesp. Para superar a crise, a empresa ainda deve mais informações ao cidadão, como os endereços exatos e horários de falta d’água. A companhia tem a obrigação de disponibilizar isso em seu site”.



veja também