MENU

Suzane Richthofen pede à Justiça paulista para continuar presa em regime fechado

fonte: bol.com.br

Atualizado: Terça-feira, 19 Agosto de 2014 as 10:07

Suzane Richthofen

Após obter autorização para cumprir o restante de sua pena em regime semiaberto, Suzane von Richthofen, 30, voltou atrás e pediu à Justiça para continuar presa em regime fechado. A informação é do site da Folha de S. Paulo.

Condenada a 38 anos e seis meses de prisão pela morte dos pais (Marísia e Manfred), em outubro de 2002, Suzane já cumpriu cerca de 12 anos em regime fechado. Ela está presa em Tremembé (SP).

O novo pedido não foi analisado ainda. De acordo com a assessoria do Tribunal de Justiça, a manifestação foi feita pela própria condenada, sem intermediação de advogados.

As motivações do pedido não foram divulgadas pelo Judiciário. Sabe-se que Suzane mantém um bom convívio com as demais presas e trabalha no presídio de Tremembé.

A Folha não conseguiu contato com o advogado de Suzane, Denivaldo Barni, na tarde desta terça-feira (19).

PROGRESSÃO

Caso ainda vá para o semiaberto, Suzane ganhará o direito de passar temporadas fora da prisão, as chamadas saídas temporárias, como no Dia dos Pais, no Dia das Mães e nos finais de ano.

Nesse regime, o preso pode ainda sair de dia para trabalhar, desde que esteja formalmente empregado e tenha autorização da Justiça.

Na decisão da semana passada, que autorizou a progressão da pena, a juíza afirmou que Suzane "encontra-se presa há aproximadamente 12 anos, não apresenta anotação de infração disciplinar ou qualquer outro fator desabonador em seu histórico prisional".

A defesa de Suzane tentava sua transferência para o semiaberto desde 2009.

Com informações da Folha de S. Paulo.

 

 

veja também