Claro, Oi e Vivo se unem para comprar a TIM por R$31,5 bilhões

De acordo com jornal Folha de São Paulo, operadoras teriam fechado acordo com o banco BTG Pactual.

Fonte: idgnow.com.brAtualizado: sexta-feira, 31 de outubro de 2014 13:39

O mercado brasileiro de telecom vive, de fato, um período movimentado. Mais um episódio começou a se desenrolar na sexta-feira (31). As operadoras Claro, Oi e Vivo fecharam um acordo com o banco BTG Pactual para comprar a TIM Brasil. De acordo com reportagem da Folha de São Paulo, o valor da transação pode chegar a R$ 31,5 bilhões. 

De acordo com informações do jornal, o negócio ocorrerá a partir de uma oferta aberta para que os acionistas da Telecom Itália decidam em assembleia o futuro da segunda maior telco do Brasil. A entrega da proposta estaria condicionada à venda, por parte da Oi, da Portugal Telecom (PT) em Portugal, o que deve ocorrer na próxima semana.

A operação da TIM seria, caso concretizado o negócio, fatiada entre as três outras operadoras. A Claro ficaria com 40% da concorrente. Apesar disso, a Vivo (que abocanharia 32%) manteria a liderança do mercado brasileiro de telefonia móvel. A Oi receberia 28% da TIM. A reportagem da Folha de São Paulo afirma que essa divisão ainda está sujeita a ajustes. 

Há, contudo, indefinição sobre o que aconteceria com os clientes da empresa. “Caso a TIM seja mesmo fatiada, caberá à Anatel definir de que forma ocorrerá essa divisão”, informa o jornal, sinalizando que as compradoras deverão manter as mesmas condições de planos atualmente oferecidos aos clientes da TIM. 

 

 

Siga-nos

Mais do Guiame