Movimento Brasil Sem Vírus quer conscientizar sobre segurança online

Movimento Brasil Sem Vírus quer combater as ameaças à web

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 09:16

Segundo o CDI, há atualmente 220 mil vírus circulando no país e a cada 39 segundos um hacker ataca um computador.


“Imagine isso em quatro anos, quando 70% dos brasileiros terão acesso à web”, diz o porta-voz do movimento, Rodrigo Baggio.


Segundo ele, o Brasil é um dos líderes do cibercrime no mundo, ao lado de China, África do Sul e México.


Segundo ranking divulgado pela Microsoft em 2011, cerca de 44% dos equipamentos brasileiros estão infectados por diversos tipos de vírus.


Outros dados divulgados pela campanha informam que 77 mil brasileiros são vítimas de golpes online diariamente, o que chega a causar perdas de US$ 60 bilhões por ano ao país.



“Em 2011, até os computadores da presidente Dilma Roussef e da Petrobrás foram vítimas de invasões”, afirma Baggio.


A campanha quer atuar por meio da conscientização dos usuários e informar sobre os danos que os vírus podem ocasionar aos equipamentos.


Uma das primeiras ações realizadas foi uma varredura nos computadores dos moradores do Edifício Copan, no centro de São Paulo. Ao todo foram 580 computadores em 1.160 apartamentos, neste que é considerado o maior edifício residencial da America Latina.


No site da campanha e no Tech Tudo foram disponibilizadas “vacinas”, como chamaram os programas anti-vírus, capazes de combater as ameaças.


Estão disponíveis as “vacinas” como o SuperProteção da Globo.com, além de soluções da AVG e Avast.


Para fazer o download, basta fazer um cadastro gratuito. Não serão solicitadas informações financeiras.


A organização tem a expectativa de distribuir cerca de 2 milhões de vacinas.




Siga-nos

Mais do Guiame